quinta, 13 de dezembro de 2018


O Transporte e sua importância – parte 1

Por Romeu Zarske de Mello
No desenvolvimento das nações, os transportes desempenham papel de fundamental importância. Para demonstrar esta importância, o Congresso dos Estados Unidos afirmou que: “sob qualquer ponto de vista - econômico, político e militar, o transporte é, inquestionavelmente, a indústria mais importante do mundo”.

Mercado e inovação

Por Romeu Zarske de Mello
Atualmente, tendo em mente a sobrevivência e melhoria de seu posicionamento no mercado, as empresas procuram aumentar a sua competitividade, buscam diferenciação em relação à concorrência. Esta diferenciação pode ser fruto da agregação de valor ao seu produto/serviço.

Operadores Logísticos – algumas considerações

Por Romeu Zarske de Mello
O conceito de operador logístico vem sendo gradativamente objeto de interesse especial por parte de muitas empresas, principalmente as transportadoras de cargas (ETC). Isto ocorre devido ao fato de que cada vez mais as empresas prestarem atenção ao seu real foco – core business. Assim, uma vez estabelecida a principal competência da empresa, a delegação para terceiros de uma série de serviços logísticos é ato contínuo, o que gera uma oportunidade imensa neste campo. Mas o que vem a ser um operador logístico?

Transportes e seu papel

Por Romeu Zarske de Mello
“Sob qualquer ponto de vista – econômico, político e militar, o transporte é inquestionavelmente, a indústria mais importante no mundo. Esta afirmação é de autoria do Congresso dos Estados Unidos, com certeza uma entidade de respeito em todo o mundo”. Se tal importância existe, o conhecimento do sistema de transporte e seu estudo pormenorizado é uma tarefa que não pode ser relegada a um segundo plano.

ARMAZENAGEM – uma estratégia importante

Por Romeu Zarske de Mello
Muitas das oportunidades de aumento da lucratividade de uma empresa e da eficiência do seu sistema logístico e da cadeia de suprimentos onde está inserida é a função de Administração de Materiais, mais especificamente àquelas atividades de estocar e armazenar materiais, normalmente chamada de armazenamento de produtos.

Ruptura – questão preocupante.

Por Romeu Zarske de Mello
O ambiente organizacional tem passado por profundas transformações nestes últimos anos e, dentro deste cenário, as empresas têm buscado ferramentas que lhes proporcionem vantagens dentro de um ambiente globalizado e competitivo. Assim, de acordo com as tendências de mercado, elas buscam ser cada vez mais competitivas, incluindo o setor do varejo (supermercadista), que passa por transformações nas áreas que estão ligadas aos processos de compras e vendas das mercadorias.

PREVISÃO DE DEMANDA – fundamental para o sucesso.

Por Romeu Zarske de Mello
O ambiente empresarial encontra-se extremamente concorrência e, o estabelecimento de vantagem competitiva é uma realidade para as empresas permanecerem no mercado. A necessidade de se antecipar às necessidades dos clientes é uma premissa valiosa. Filosoficamente o Marketing tem a missão de descobrir e atender as necessidades dos clientes. E, atender as necessidades dos clientes pressupõe a entrega dos produtos e serviços na hora, local, condição e preço acertado – isto, como de conhecimento prévio, caracteriza-se como a missão da Logística; desta forma, Marketing e Logística têm uma forte interface que deve ser entendida e estudada para garantir o cumprimento da satisfação do cliente.

CURVA ABC um instrumento simples e muito útil.

Por Romeu Zarske de Mello
O tratamento adequado de todos os recursos (humanos, tecnológicos, financeiros, patrimoniais e materiais) de uma empresa é, sem sombra de dúvidas, uma das maiores preocupações dos gestores na atualidade. A escassez de recursos e a concorrência estimulam as empresas à busca de alternativas para a otimização de sua logística de suprimentos, que é responsável pela disponibilização de todos os insumos necessários à produção.

A Logística e a seleção do transporte

Por Romeu Zarske de Mello
A Logística associa estudo e administração dos fluxos de bens e serviços e da informação associada que os põe em movimento. Vencer tempo e distância na movimentação de bens ou na entrega de serviços de forma eficaz e eficiente é a sua tarefa. Dessa forma, a missão (função) da Logística é colocar o serviço ou produto certo, no lugar certo, no tempo certo, e na condição desejada, criando a maior contribuição possível para a firma.

Plataforma logística, uma ótima alternativa

Por Romeu Zarske de Mello
Atualmente, quase que diariamente somos massacrados com notícias nem um pouco agradáveis sobre o desempenho do Brasil, sobre nossas ineficiências, nosso tão famigerado “custo Brasil”, entre outras tantas.

O papel fundamental da EMBALAGEM

Por Romeu Zarske de Mello
As embalagens têm importantes impactos na economia e sobre os objetivos logísticos de custos (menores possíveis) e nível de serviço (maior possível). Por exemplo, uma caixa de baixa resistência pode acarretar avarias aos produtos, retrabalhos e devoluções. Uma embalagem maior que a necessária pode resultar em desperdícios de fretes, custos excessivos, má acomodação dos produtos e também avarias. Materiais de acondicionamento inadequados podem trazer reflexos indesejáveis para o meio ambiente e, por conseguinte, para a imagem da marca e da empresa.

ESTOQUE – um aspecto logístico que não deve ser esquecido.

Por Romeu Zarske de Mello
Uma das grandes preocupações dos gestores na atualidade diz respeito ao inventário, os estoques. Inicialmente é importante lembrar que, tanto produtos tangíveis (bem físico – macarrão, motor, aparelho de dvd etc) como intangíveis (serviço – como por exemplo o desenvolvido por hospitais, bancos, restaurantes etc), necessitam de estoques (e só para relembrar, outra grande máxima que aprendemos – “estoque é dinheiro”).

O tempo e suas conseqüências

Por Romeu Zarske de Mello
Existem algumas máximas no meio ambiente empresarial, algumas verdades quase absolutas que não são muito discutidas, mas são aceitas. Uma destas é a que “tempo é dinheiro”.

Inovação e a logística

Por Romeu Zarske de Mello
O contexto econômico do mundo na atualidade vem dando sinais para as empresas de que suas estratégias de negócios devem estar alinhadas com as necessidades dos clientes, que hoje se encontram nos quatro cantos do mundo. O cliente hoje, globalizado e muito mais exigente, quer ser encantado, busca por novidades e quer ser instigado a consumir coisas novas que possam lhe dar satisfação e por que não dizer diferenciação.

Um exemplo a ser seguido

Por Romeu Zarske de Mello
Desde a Revolução Industrial iniciada no final do século XVIII na Inglaterra, até a atualidade, muita coisa mudou em nossa sociedade. Especificamente, gostaria de tecer alguns comentários sobre a indústria automobilística. E por quê sobre esta indústria especificamente?

A estratégia da terceirização na atualidade

Por Romeu Zarske de Mello
Nos últimos tempos, a palavra Logística está cada vez mais se tornando conhecida das organizações, da academia, comunidade econômica e das pessoas “normais”, nós cidadãos.

O Planejamento estratégico logístico – algumas considerações

Por Romeu Zarske de Mello
Há muitas razões para se planejar. Como diz um ditado popular: “se você não sabe para onde está indo, como quer chegar lá?”. Quando se está planejando, a gerência deve considerar a missão da organização por completo e, desenvolver planos de ações específicos e atividades para levar a organização na direção desejada. No atual ambiente de rápida transformação de negócios é essencial para os administradores antecipar as mudanças e preparar suas organizações para melhor incorporar, responder e lucrar com tal mudança. Sem ter uma abordagem preventiva os administradores estarão constantemente reagindo de modo emergencial (de crise) e não serão capazes de progredir no alcance da missão de suas companhias.

Nível de Serviço – uma questão vital

Por Romeu Zarske de Mello
As empresas desenvolvem suas atividades dentro de um ambiente que as circunda, o qual condiciona de forma considerável seu funcionamento. Em grande parte, o maior ou menor êxito das empresas dependerá de seu sucesso no relacionamento com este ambiente, devendo por isso, procurar um equilíbrio dinâmico e permanente com o mesmo. Para tanto, a situação do ambiente condicionará a validade das estratégias e políticas empresariais nas diferentes áreas funcionais: marketing, logística, produção, etc.

A era da tecnologia

Por Romeu Zarske de Mello
No final da década de 90, o físico e matemático Freeman Dyson, professor do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de Princeton, escreveu que “a tecnologia é apenas mais uma das forças que impulsionam a humanidade. E nem sempre ela é a mais importante. Ela divide o seu poder de influência com a política, a religião e a economia além das rivalidades militares e culturais”.

Unitização de cargas – uma boa prática logística.

Por Romeu Zarske de Mello
O processo de globalização da economia impôs a todas as empresas, dos mais distintos portes e segmentos de indústria, uma nova postura que permitisse o atendimento das necessidades de clientes cada vez mais exigentes. O esforço das empresas deve ser focado na tarefa “hercúlea” de entregar o produto certo, na hora certa, no local certo, nas condições e custos acertados. Entre as diversas áreas que se mostraram estratégicas ao cumprimento desta missão, tem-se a logística, que, por meio dela, se consegue, pelas suas melhores práticas, alcançar níveis de serviços compatíveis às expectativas dos clientes e que podem ser bancados pelas organizações.
Autor:

Romeu Zarske de Mello

O autor é mestre em Engenharia de Produção com ênfase na área de concentração em logística e transporte, Coordenador da Câmara de Logística da Associação Empresarial de Itajaí e coordenador do Curso de Logística da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Colunistas

Caio César Ferrari Santângelo
Carlos Augusto Silveira
Cláudio Gustavo Daudt
Eclésio Silva
Fernando Padilha
Gregory Petter dos Santos
Joana Stelzer
Manoel Antonio dos Santos
Osvaldo Agripino de Castro Jr.
Carlos Fernando Priess
Rafael Melo
Roberto Roche
Roberto Veiga
Romeu Zarske de Mello
Odilon Fehlauer
Outros
Alexandre Gonçalves da Rocha
Celso Amorin
Bruno Tussi
Milton Lourenço
Dalva Santana
Antonio Corrêa de Lacerda
Kennedy Alencar
Roberto Rodrigues
Marcos Cintra
José Manuel Meireles
Sandro Tavares
Renan Schaefer Andrade
Ira Sobreira
José Zeferino Pedrozo
Bruno Queija
Pedra Santana Alves
Emerson Luiz Andrade
Rodrigo da Rocha Loures
Luiz Carlos Mendonça de Barros
Rogério Mori
Sebas van den Ende
Lilian Taborda
Simone Costa
Dalmir Sant’Anna
Edneia Pinto Moura
Ricardo Irineu da Silva
Paulo Araújo
Prof. Menegatti
Luiz Carlos da Silva Flores
Paulo Felicioni
Carlos Olla
Fabrício Fassina
Mauro Kahn & Pedro Nóbrega
Simone Ferreira
Rafael Silvério
Luiz Carlos Furtado Neves
Maysa Cristina Fischer
Moysés Borges Furtado Neto
Márcio de Freitas
Robson Zanetti
Marcelo Salmaso
Wagner Campos
Soeli de Oliveira
Marcos Antonio Ribeiro Andrade
Rafaela Moreira
Miguel Nozar
Edson De Paula
Rudson Borges
Tom Coelho
Sonia Jordão
Marizete Furbino
Marcelo Braga
Saul Brandalise Júnior
Helio Rebello
Mauro Lourenço Dias
Moris Kohl
Marcus Eduardo de Oliveira
Luiz Henrique da Silveira
Luiz Carlos Pauli
Marcos Luthero
Marcos Luthero
Manteli Wilen
Derly Massaud de Anunciação
Janaina Paes de Farias
Denilson Roberto Kasteller
Mariana Brizotto
Mário Lanznaster
Marcelo Murin
Orlando Oda
Vagner Miranda
Dane Avanzi
Marcos Morita
Daniel Gobbi Costa
Cassio Vieceli
Leonardo Flock
Renan Rossi Diez
Adelto Gonçalves
Marcos Antonio Zordan
© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt