sexta, 12 de agosto de 2022
31/05/2022

Porto5 completa 10 anos de atuação no Brasil realizando sonhos e construindo um futuro melhor


O ano de 2022 marca o aniversário de 10 anos de construção civil no Brasil da Porto5. A empresa brasileira surgiu em 2012 com objetivo de trazer para o Brasil toda a qualidade do padrão construtivo europeu, a partir do know-how desenvolvido ao longo de 30 anos em Portugal. Consolidada após uma década de atuação, a Porto5 foca os esforços em um ousado plano de expansão que prevê o lançamento de 40 empreendimentos nos próximos três anos. 
A Porto5 nasceu da iniciativa do seu atual administrador Rafael Nascimento, em sociedade com empresários portugueses.  Natural de Pelotas (RS), Nascimento firmou uma grande parceria com as duas principais construtoras do norte de Portugal (Martlongo e Spintos) para entrar com solidez no mercado imobiliário brasileiro. 
As atividades se iniciaram em abril de 2012 com o objetivo de apresentar a seus clientes empreendimentos com elevado padrão e com diferenciais construtivos inéditos no Sul do país, como o sistema de fastbuilding e soluções em acabamento, sendo pioneira no uso do Capoto, uma tecnologia para isolamento térmico, além de utilizar manta acústica para isolamento acústico das unidades. “Nós entendemos que havia a oportunidade de trazer para o Brasil os três grandes diferenciais que a gente aplica no dia a dia da Porto5 que são a velocidade, a qualidade e o preço justo”, resume Nascimento.  
Nesses 10 anos de atuação, a empresa atende a todos os públicos com cinco linhas de empreendimentos: Studio, Vitta, Acqua+, Smart e Personalidades. Em 2022, a empresa anunciou a criação de mais duas marcas: Rio Santo, para projetos exclusivos; e a City5, para projetos populares. Nesse período, a empresa formou uma rede de desenvolvimento com mais de 450 colaboradores diretos, dois mil colaboradores indiretos e mais de dois mil clientes ativos.
Independentemente da linha de produto ou do padrão construtivo, a Porto5 mantém-se fiel aos seus pilares fundamentais: a qualidade, a velocidade construtiva e o preço justo. Nascimento ressalta a essência da Porto5: "Somos um grupo apaixonados por pessoas, comprometido com metas e ideais e destinado a mudar o padrão de realidade que nos cerca. Não é tarefa fácil atuar no mercado responsável pelos sonhos. Mas estamos, dia após dia, em busca de crescimento, pois acreditamos que em todo produto imobiliário há uma essência, de felicidade em trabalhar com que gosta". 
Os 10 anos também são comemorados por parceiros e clientes. O arquiteto Fabio Amador, da Graphitar Arquitetura, destaca a força da empresa. "Eu me considero parceiro número 1 da Porto5, porque trabalhava com eles quando ainda não tinha nem o nome. E isso é muito bacana de ver, o crescimento exponencial que aconteceu nesse período todo. A Porto5 é uma empresa consolidada, forte no mercado e fazer parte de tudo isso desde o princípio é muito gratificante", afirma. 
O investidor e cliente Alisson Fonseca ressalta o comprometimento da Porto5 com o cliente final. "A Porto5 se diferenciou no mercado pela qualidade de produtos oferecidos, pelo cumprimento do prazo de entrega do imóvel e pela rentabilidade que os produtos Porto5 apresentam no mercado. Desde 2013 para cá, fizeram vários lançamentos e comprovaram na prática a seriedade que a empresa trata seu cliente".
VELOCIDADE
A tecnologia Fast Building é um dos principais diferenciais da Porto5. A tecnologia está baseada na lógica dos sistemas de alta velocidade e elevada produtividade na construção, possibilitando construir dois apartamentos por dia, o que otimiza o desenvolvimento do produto e gera menos tempo de obra. Por conta de um sistema que possibilita fluxo ágil, a Porto5 também garante o cumprimento dos prazos de entrega ao cliente final. O processo ainda conta com redução de mão-de-obra, devido à intensificação dos métodos construtivos que fortalecem a tecnologia, e economia de materiais, graças à modernização do processo na parte industrial, que diminui o número de ferramentas manuais e demais compostos.
"Acreditamos que grandes projetos dependem de inúmeros esforços e mão a mão construímos lares, negócios e bairros inteiros através do trabalho árduo e transparente, onde a cada tijolo alinhado, a cada negócio fechado, comemoramos uma conquista, com projetos em que cada detalhe conta, através de uma inquestionável assinatura de qualidade", assinala Nascimento.
EXPANSÃO
Após 10 anos no Brasil, a Porto5 foca na expansão de suas atividades no Brasil. A cidade de Itajaí, no litoral norte catarinense, foi escolhida para receber o primeiro lançamento fora do Rio Grande do Sul, o Vitta Home Resort. O residencial faz parte da linha que tem como inspiração o conforto e o lazer dos melhores resorts do mundo. O projeto nasce com um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 217 milhões. São mais de 67 mil metros quadrados de área construída, com 514 unidades divididas em quatro torres. 
A área de lazer contará com lounges externos, piscina equipada com brinquedos aquáticos, hidromassagem, solarium, redários, academia, pet play, playgrounds, lounge de jogos, salas gourmet e kidsroom. Nas áreas privativas (que serão lofts e apartamentos de dois ou três dormitórios com até 74,53m²), haverá sacadas com churrasqueiras, suítes e algumas opções com terraços privativos.
De acordo com planejamento de expansão previsto, a Porto5 pretende lançar nos próximos três anos outros 40 empreendimentos. "Nos próximos anos podemos esperar uma presença muito forte da empresa no Rio Grande do Sul e Santa Catarina e continuaremos desenvolvendo produtos com padrões para atender todo o mercado", conclui Nascimento.
NÚMEROS DA PORTO5 EM 10 ANOS DE ATUAÇÃO NO MERCADO BRASILEIRO:
34 lançamentos
16 empreendimentos entregues
18 empreendimentos em construção ou andamento
+450 colaboradores diretos
+2 mil colaboradores indiretos

 



Blog

Compra de euro em espécie ultrapassa dólar pelo segundo mês seguido no Itaú Unibanco

A aproximação da cotação do dólar e do euro, que chegou à paridade entre as duas moedas pela primeira vez em 20 anos em julho deste ano, levou a uma mudança de comportamento entre os brasileiros que compram moeda estrangeira em espécie. Pelo segundo mês consecutivo, a venda de euro em espécie superou a do dólar no Itaú Unibanco, com a moeda europeia representando 55% do total comprado pelos clientes pessoa física do banco durante julho.

 

“Na série histórica, o dólar representa em média 65% do total de moeda estrangeira em espécie vendida pelo Itaú aos seus clientes. Começamos a ver esse movimento de aproximação do euro em maio deste ano, quando ambas as moedas tiveram quase que o mesmo montante vendido no mês; em junho, o euro já passou a ser mais procurado, movimento que se ampliou no último mês e que já observamos como tendência neste mês -- na primeira semana de agosto, o euro segue superando o dólar nas vendas para clientes”, explica Gabriel Rombenso, superintendente de Câmbio do Itaú Unibanco.

 

A procura pelas duas moedas em espécie cresceu bastante este ano no Itaú, alcançando pico em março e superando o total comercializado no mesmo período de 2019, pré-pandemia. Clientes Itaú podem realizar a compra de moeda estrangeira via app, garantindo a taxa de câmbio no momento da transação, e efetuar a retirada de dólar e euro em espécie nos caixas exclusivos do Banco24Horas Moeda Estrangeira e na rede de agências Itaú habilitadas.

BOSS, da Hugo Boss irá abrir sua primeira loja em Santa Catarina

Conhecida por sua elegância e precisão, o grupo Hugo Boss chega à Santa Catarina com a primeira loja da BOSS, no Balneário Shopping. A abertura está prevista para o mês de outubro. É a 29ª loja no Brasil do grupo, e será aberta em um dos pontos mais badalados da América Latina, em Balneário Camboriú.  “A chegada da BOSS, principal marca do grupo Hugo Boss, ao mix do Balneário Shopping traz ainda mais sofisticação, qualidade e exclusividades para os clientes”, comenta Elizângela Cardoso, superintendente do Balneário Shopping.  
 
Pertencente ao grupo Hugo Boss, a BOSS expandiu além dos limites da alfaiataria para oferecer uma gama completa de roupas casuais, bodywear, acessórios e athleisure que formam um guarda-roupa completo. A variedade de produtos inclui produtos licenciados, como fragrâncias, óculos, relógios e roupas infantis.
 
Parte da nova geração de lojas da BOSS, a loja no Balneário Shopping tem como foco principal a criação de uma atmosfera convidativa para fazer o cliente sentir-se em casa. Isso é transmitido por meio de materiais arquitetônicos mais quentes como armários em madeira, assentos confortáveis, assim como o piso de granito. Tudo seguindo a nova identidade visual da marca, que conta com as cores branco, preto e camel, sendo destaques no contraste visual.

Novidades no mix do Balneário Shopping

Também estão chegando no próximo mês, no Balneário Shopping, as primeiras lojas da Ray-Ban e Sephora, em Santa Catarina. Além das marcas inéditas no estado também irão abrir suas lojas no mix do shopping a Oakley, Body for Sure, Quiksilver, Luiza Barcelos, Life by Vivara e Paquetá Esportes. “Estamos sempre buscando marcas que tragam as tendências e tenham qualidade para o mix do Balneário Shopping”, conta Elizângela Cardoso.    

Países do ‘BRICS’ debatem como alavancar qualificação para indústria 4.0

A qualificação de profissionais para ocupações cada vez mais tecnológicas é foco dos trabalhos de um grupo de especialistas do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, o chamado BRICS. A participação brasileira é liderada pela Confederação Nacional da Indústria, por meio do SENAI, a partir de indicação dos ministérios da Casa Civil e da Educação. O objetivo é criar estratégias para promover a capacitação padronizada entre os países.

“Somos reconhecidos por aliar a teoria e a prática. As discussões que estão em curso no grupo formado pelos países do BRICS vêm sendo amplamente abordadas em nossas formações. Não é uma agenda apenas de entidades privadas, ela exige políticas públicas mais robustas, com respaldo técnico e competência para guiar os debates”, destaca o diretor-regional do SENAI, Fabrizio Machado Pereira.

São oito grupos de trabalho, sendo um deles voltado para as áreas de inteligência artificial, machine learning e big data, coordenado pelo professor Valério Junior Piana, do Centro Universitário do SENAI em Chapecó. “Os grupos debatem temas como a falta de profissionais qualificados para atuar com as tecnologias da indústria 4.0 e as habilidades fundamentais para o futuro do trabalho, não apenas na indústria, mas também em outras áreas”, afirma Piana. “Estamos focando nas ocupações mais tecnológicas e o que fazer diante da falta de profissionais”, acrescenta.

Piana, que no SENAI coordena os cursos de graduação e pós-graduação em TI, cita, principalmente, a falta de profissionais qualificados na área de tecnologia para atuar com programação, automação e outros setores. O grupo de trabalho do BRICS atua com base no relatório do Fórum Econômico Mundial, que elenca habilidades que as pessoas precisam ter ou desenvolver, como criatividade, solução de problemas complexos, trabalho em equipe, entre outras, incluindo as habilidades e conhecimentos técnicos.

O grupo está elaborando uma proposta de esforço conjunto dos países para capacitar a força de trabalho. “Algumas alternativas que estamos sugerindo são a implementação de laboratórios-modelo, equipados para desenvolver as capacidades necessárias para o mundo do trabalho, e cursos de graduação e pós-graduação com currículos padronizados entre os países”, relata Piana.

O SENAI é referência mundial em qualidade de ensino. Capacita os trabalhadores da indústria por meio de educação profissional e superior, consultorias especializadas e serviços de inovação voltados ao desenvolvimento e à competitividade industrial. A instituição está presente em todos os estados brasileiros.

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt