quarta, 10 de agosto de 2022
29/11/2021

Pasqualotto> recebe o consagrado Prêmio Líderes SC


A construtora Pasqualotto&GT, que assina a obra do YACHTHOUSE by Pininfarina, foi vencedora do Prêmio Líderes SC na categoria Mercado Imobiliário. O anúncio dos vencedores foi nesta quarta-feira (24/11), durante cerimônia em Florianópolis. Promovida anualmente pelo LIDE Santa Catarina, a premiação tem o objetivo de reconhecer empresas, marcas e líderes inspiradores que se sobressaíram em diferentes setores da economia estadual.

“O Prêmio Líderes tem como essência contemplar corporações e personalidades de destaque que representam a pluralidade econômica de ações de sucesso no Estado. O grande simbolismo da premiação foi o engajamento das principais lideranças de Santa Catarina para a retomada da economia em 2022”, disse Delton Batista, presidente do LIDE SC.

A premiação é dividida em três categorias principais e 15 subcategorias. A Categoria Prêmio Líder Setorial premia empresas representantes do Agronegócio, Indústria, Mercado Imobiliário, Serviços, Tecnologia e Inovação, Turismo e Varejo.

O presidente da Pasqualotto&GT, Alcino Pasqualotto Neto, considera importante que a construtora tenha sido indicada e premiada porque reflete o trabalho desenvolvido em favor da economia catarinense. “Nossas obras têm grande porte e preocupação com o bem-estar e sustentabilidade. Ao longo dos anos, desde o início do projeto, fomos muito bem vistos e admirados, recebemos premiações importantes e ter mais esta na nossa história é sinal de que todo o trabalho e dedicação foram recompensados”, considera.

           

Os projetos da Pasqualotto&GT em Santa Catarina

Atualmente a Pasqualotto&GT mantém três grandes projetos em andamento.  O YACHTHOUSE by Pininfarina, que é o maior residencial da América Latina e se destaca com o Prêmio de Arquitetura Americana em 2020 concedido pelo The Chicago Athenaeum Museum of Architecture and Design. O empreendimento possui 281 metros e 81 pavimentos e está localizado na Barra Sul, em Balneário Camboriú (SC). Com design do renomado estúdio Pininfarina, o empreendimento possui conceito do universo náutico e é inspirado em iates de luxo.

Outro empreendimento é o Vitra by Pininfarina, que segue em obras também em Balneário Camboriú. O empreendimento marca um avanço arquitetônico nacional e já possui reconhecimento internacional, sendo premiado duas vezes com prestígio na Europa pelo German Desing Award e destaque nas Américas com o American Architecture Award.

E o terceiro empreendimento é o La Città by Pininfarina, localizado no coração da cidade em uma das melhores áreas de Balneário Camboriú, que virá com uma nova linguagem estrutural e conceitual. Todo projeto arquitetônico tem como foco oferecer o que há de mais atual entre as melhores construções de alto padrão mundiais.



Blog

Países do ‘BRICS’ debatem como alavancar qualificação para indústria 4.0

A qualificação de profissionais para ocupações cada vez mais tecnológicas é foco dos trabalhos de um grupo de especialistas do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, o chamado BRICS. A participação brasileira é liderada pela Confederação Nacional da Indústria, por meio do SENAI, a partir de indicação dos ministérios da Casa Civil e da Educação. O objetivo é criar estratégias para promover a capacitação padronizada entre os países.

“Somos reconhecidos por aliar a teoria e a prática. As discussões que estão em curso no grupo formado pelos países do BRICS vêm sendo amplamente abordadas em nossas formações. Não é uma agenda apenas de entidades privadas, ela exige políticas públicas mais robustas, com respaldo técnico e competência para guiar os debates”, destaca o diretor-regional do SENAI, Fabrizio Machado Pereira.

São oito grupos de trabalho, sendo um deles voltado para as áreas de inteligência artificial, machine learning e big data, coordenado pelo professor Valério Junior Piana, do Centro Universitário do SENAI em Chapecó. “Os grupos debatem temas como a falta de profissionais qualificados para atuar com as tecnologias da indústria 4.0 e as habilidades fundamentais para o futuro do trabalho, não apenas na indústria, mas também em outras áreas”, afirma Piana. “Estamos focando nas ocupações mais tecnológicas e o que fazer diante da falta de profissionais”, acrescenta.

Piana, que no SENAI coordena os cursos de graduação e pós-graduação em TI, cita, principalmente, a falta de profissionais qualificados na área de tecnologia para atuar com programação, automação e outros setores. O grupo de trabalho do BRICS atua com base no relatório do Fórum Econômico Mundial, que elenca habilidades que as pessoas precisam ter ou desenvolver, como criatividade, solução de problemas complexos, trabalho em equipe, entre outras, incluindo as habilidades e conhecimentos técnicos.

O grupo está elaborando uma proposta de esforço conjunto dos países para capacitar a força de trabalho. “Algumas alternativas que estamos sugerindo são a implementação de laboratórios-modelo, equipados para desenvolver as capacidades necessárias para o mundo do trabalho, e cursos de graduação e pós-graduação com currículos padronizados entre os países”, relata Piana.

O SENAI é referência mundial em qualidade de ensino. Capacita os trabalhadores da indústria por meio de educação profissional e superior, consultorias especializadas e serviços de inovação voltados ao desenvolvimento e à competitividade industrial. A instituição está presente em todos os estados brasileiros.

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt