domingo, 05 de dezembro de 2021
23/04/2021

Aluno da Univali de Itajaí é selecionado em programa da Universidade de Harvard


- “Percebi que o meu desejo em aplicar na prática os resultados obtidos dentro da academia em prol de um futuro mais sustentável tinha relação com o objetivo atual do programa. Com isso, abordei a necessidade de líderes para o desenvolvimento sustentável dentro da área ambiental na nossa região (América Latina) e como o programa poderia auxiliar neste processo".

O trecho ilustra um dos pontos abordados por Felipe Matheus Müller, acadêmico do 9° período do curso de Engenharia Química da Escola do Mar, Ciência e Tecnologia da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em sua carta de apresentação à comissão de aceite do Crossroads Emerging Leaders Program (Celp), da Universidade de Harvard.

O aluno foi selecionado para participar no programa que, desde 2017, incentiva a criação de jovens lideranças em países em desenvolvimento, por meio de recursos educacionais, conexões com a Universidade de Harvard, mentorias e networking com o corpo docente, discente e alumni.

A iniciativa é voltada a estudantes entre 18 e 24 anos de todo o mundo que sejam a primeira geração da sua família a entrar na universidade. Além disso, contempla candidatos que enfrentam desafios em relação às suas condições financeiras e sociais.

Os alunos recebem uma série de recursos de desenvolvimento acadêmico e profissional por meio de uma estrutura de aplicativos em camadas que atinge milhares de alunos de mais de 115 países, encontram comunidades intelectuais e interagem diretamente com o corpo docente.

Os participantes também têm acesso gratuito aos cursos HarvardX sobre empreendedorismo em economias emergentes; empreendedorismo em tecnologia: laboratório para o mercado; fortalecimento dos programas de agentes comunitários de saúde; chance de gordura: probabilidade desde o início; e introdução às mídias digitais.

Além de cursar Engenharia Química, Müller atua como voluntário no programa #tmjUnicef, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), órgão das Organizações das Nações Unidas (ONU), e em pesquisas na área ambiental, na qual pretende atuar após a graduação. Ele destaca que as capacitações e relações com profissionais de diversos países serão essenciais para a entrada no mercado de trabalho:

“Como estou no último ano da graduação, creio que toda esta carga de conteúdos profissionalizantes e as mentorias com alumni e profissionais da área em diferentes locais do mundo me ajudará a ter uma transição mais sólida da academia para o mercado de trabalho. Com todo esse networking, terei uma visão mais ampla das atuais necessidades de nossa sociedade global e qual o tipo de profissional que devemos ser para um futuro mais sustentável e justo para todos", aponta.

O acadêmico passará por diferentes fases ao longo do programa. O primeiro estágio possui foco profissionalizante, com os cursos disponibilizados na plataforma HarvardX e socialização com os integrantes. Os demais serão liberados conforme os prazos e conclusão dos estágios atuais.

O estudante relata a felicidade ao ser selecionado e incentiva as inscrições no projeto: “Não importa sua área, sua formação ou seu conhecimento, se sentir vontade de participar, inscreva-se. É um mundo de oportunidades que abre-se para você".



© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt