domingo, 14 de julho de 2024
17/06/2024 11:37

PortosRio destaca investimentos em infraestrutura e novos arrendamentos para o crescimento dos portos durante o ENCOMEX-RJ


Na última sexta-feira (14), durante o Encontro de Comércio Exterior do Brasil, o ENCOMEX-RJ 2024, a PortosRio marcou presença no painel “A importância da Logística para Competitividade no Mercado Internacional”. Promovido pela Câmara de Comércio, Indústria e Serviços do Brasil (Cisbra) e do Estado do Rio de Janeiro (Caerj), o evento reuniu, no auditório da CNC, empresários, autoridades, líderes e especialistas para debater temas cruciais para o comércio exterior brasileiro.

Em sua participação, o presidente da PortosRio, Francisco Martins, ressaltou que, a curto e médio prazos, os cinco portos públicos do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói, Angra dos Reis e Forno - terão o maior pacote de arrendamentos do país, com 11 áreas disponíveis a serem lançadas no mercado. Ele também destacou os significativos investimentos em infraestrutura portuária, incluindo três dragagens, a modernização do Cais da Gamboa e melhorias na segurança portuária, todos fundamentais para aumentar a competitividade dos portos: “Nossos portos estão em expansão e não em retroação. A PortosRio é a quinta empresa estatal federal com melhor índice de execução orçamentária. Nossa preocupação é continuar crescendo e o compromisso da minha gestão e do corpo funcional da empresa é atingir esse objetivo.”

Moderado pelo gerente de Desenvolvimento de Negócios da PortosRio, Eduardo Miguez, o painel contou ainda com a participação de Helson Braga, presidente da ABRAZPE; Delmo Pinho, assessor da Fecomercio-RJ; e André Seixas, presidente da Logística Brasil. Delmo Pinho enfatizou que o Porto do Rio de Janeiro é um dos principais ativos do Estado em geração de emprego, renda e impostos: “Temos o mais moderno terminal de trigo do país e um dos principais terminais de cruzeiros do Brasil e as lideranças empresariais e políticas do Rio precisam conhecer e valorizar os ativos estratégicos”.

Sobre regulação, André Seixas salientou que os usuários ainda usam muito pouco a agência reguladora e que é necessário compreender melhor a regulação para lutar por sua eficiência e contribuir mais para o setor portuário. “Estamos unidos para defender o Porto do Rio de Janeiro”.

O ENCOMEX-RJ 2024 ofereceu uma programação rica e diversificada, com painéis, oficinas e palestras que abordaram desde políticas estratégicas para o desenvolvimento das relações comerciais no cenário global até as oportunidades proporcionadas pelo G20 Brasil 2024. Outros temas de destaque incluíram a internacionalização da economia criativa do Rio de Janeiro, o protagonismo das mulheres no comércio exterior, negócios de Nearshoring na relação bicentenária entre Brasil e Estados Unidos, e a implementação da Declaração Única de Importação (Duimp).




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt