sábado, 18 de maio de 2024
15/04/2024 13:51

Preço médio dos carros usados sobe e atinge maior patamar desde junho de 2023

Com alta de 3,37% no mês no ticket médio, mercado se mostra aquecido com margens em alta e giro de estoque em queda

O ticket médio de vendas dos carros usados atingiu R$ 81.596 no mês de março deste ano, o maior valor desde junho de 2023. Em relação ao mês anterior, o valor médio cresceu 3,37%, comprovando o bom momento vivido pelo mercado. No período, a margem bruta se manteve acima dos 11% e o giro do estoque caiu para 38 dias, depois de dois meses em alta. Os dados são do Estudo Megadealer de Performance de Veículos Usados powered by Auto Avaliar (PVU).


“Desde dezembro de 2023, estamos vendo um aquecimento forte do mercado de usados. No primeiro trimestre de 2024, houve um crescimento das vendas de 5,2% sobre o ano passado, de acordo com a Fenabrave. Este movimento elevou a margem bruta das concessionárias que se encontra acima da média do último trimestre de 2023, quando ficou entre 10,4% e 10,7%”, explica Fábio Braga, Country Manager da MegaDealer.
 

Desde junho de 2023, quando atingiu R$ 81.596, o ticket médio dos usados não ficava acima de R$ 80 mil, o que evidencia o aumento da demanda por carros mais caros e a alta dos preços dos usados. “Em poucos momentos no ano passado o ticket médio ficou acima de R$ 80 mil, basicamente entre março e junho de 2023. Isso não necessariamente quer dizer que os preços dos usados estão em alta, mas também demonstra que o brasileiro está disposto a pagar mais para adquirir modelos mais novos ou mais sofisticados também”, observa.


Já o retorno sobre o investimento (ROI) das concessionárias atingiu 70% em março. O destaque fica com a Honda, com um ROI de 113%. Chevrolet e Hyundai foram as redes de concessionárias que registraram uma melhor taxa de conversão (avaliação versus venda), com 19%.


A amostra do estudo engloba 2.633 concessionárias de 23 diferentes marcas conectadas na plataforma Auto Avaliar. Com presença em sete países, a Auto Avaliar atende, atualmente, 4.200 concessionárias e mais de 38.000 lojas independentes e realiza US$ 1,4 bilhão de vendas anuais.
 

Mais rentáveis


Pelo segundo mês consecutivo, o Fiat Argo foi o carro mais rentável, com preço médio de R$ 65 mil, pouco acima de fevereiro (R$ 64 mil). A margem do modelo ficou em 12,3% e o giro médio de estoque em 33 dias. O Honda HRV, que tem mês a mês figurado nas primeiras posições, subiu do terceiro para o segundo lugar, com um valor médio de R$ 130 mil, acima dos R$ 128 mil em fevereiro. Já o Toyota Yaris, registrou queda do preço médio, de R$ 86 mil para R$ 85 mil e recuou da segunda para a terceira posição no ranking.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt