sexta, 12 de julho de 2024
15/06/2023 11:49

Movimentação de cargas no Porto de São Francisco bate novos recordes com aumento de 26% no ano e 44% no mês


O ano de 2023 está ficando na história do Porto de São Francisco do Sul em razão dos seguidos recordes alcançados na movimentação de cargas. Desde janeiro, houve crescimento constante nas exportações e importações de mercadorias, o que resultou num aumento de 26% nos cinco primeiros meses do ano, em comparação a 2022.

Somente em 2023, a movimentação de carga alcançou 6,3 milhões de toneladas, enquanto que no ano passado foram 5 milhões. Destaque para a exportação, que representou 59% do total, com 3,7 milhões de toneladas. Os grãos (soja e milho) lideram a lista dos produtos enviados ao exterior (3,3 milhões de toneladas). Na sequência, estão o óleo vegetal (120 mil toneladas) e a madeira (108 mil toneladas).

“Os números comprovam que Santa Catarina é um estado que produz muito. Vamos continuar incentivando os setores das nossa economia para que tenhamos cada vez mais recordes assim pra comemorar”, destacou o governador Jorginho Mello.

Já a importação somou 2,6 milhões de toneladas (41% da movimentação). O setor metalúrgico (1,4 milhão de toneladas) e os fertilizantes (973 mil toneladas) foram as principais mercadorias recebidas de outros países.

O presidente do Porto de São Francisco do Sul, Cleverton Vieira, ressaltou a importância desse resultado para o sistema logístico nacional. “Atendendo ao comando do governador Jorginho Mello, a administração do Porto está trabalhando para assegurar as condições adequadas de infraestrutura terrestre e aquaviária para que esse crescimento na movimentação de cargas possa se consolidar, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social da região e de Santa Catarina”, disse.

Em maio, crescimento de 44%

Somente em maio, a movimentação de carga no Porto de São Francisco alcançou 1,2 milhão de toneladas, registrando um impressionante aumento de 44% em relação ao mesmo mês de 2022, quando foram movimentadas 833 mil toneladas.

As exportações em maio somaram 800 mil toneladas, sendo a soja (748 mil toneladas) o principal produto enviado ao exterior, seguido por madeiras (27 mil toneladas) e óleo vegetal (20 mil toneladas).

As importações, por sua vez, alcançaram 439 mil toneladas, puxadas por mercadorias do setor metalúrgico (390 mil toneladas), como bobinas e barras de aço, que vem principalmente da China.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt