terça, 16 de agosto de 2022
16/03/2022 10:21

Tarcísio de Freitas: “O Brasil vai ser cada vez mais um país multimodal”

Especialistas da Via Varejo, Renner, Mercado Livre, Huawei e autoridades do setor se reúnem na XXV Conferência Nacional de Logística para o debate a respeito do futuro deste mercado no país. Conferência será realizada na Intermodal South America 2022, de 15 a 17 de março, no São Paulo Expo (SP)

“O Brasil vai ser cada vez mais um país multimodal, eficiente do ponto de vista logístico”. A previsão é do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que participou na tarde desta terça (15) da abertura da Intermodal South America 2022, encontro de logística, intralogística e transporte de cargas que acontece no São Paulo Expo, na capital paulista, até quinta (17). Esta 26ª edição é a primeira totalmente híbrida da história do evento (nos formatos presencial e digital, de forma simultânea).


Freitas ressaltou que a iniciativa pública voltada para o fomento do modal ferroviário nos últimos anos, aliada a ousadia do setor privado que atua no setor, foram fundamentais para que projeções positivas desenhem um futuro promissor. “Hoje nós temos, no país, uma coluna vertebral ferroviária ligando o Norte ao Sul, do Porto de Itaqui (MA) ao Porto de Santos (SP) e, em breve, um tronco Oeste-Leste com a Fiol. É o renascimento das ferrovias”, salientou.


O ministro reforçou que a perspectiva é de que a participação do modal ferroviário na matriz nacional saia dos 20% atuais para 40% até 2035. “A projeção é resultado de investimentos no setor, que vai terminar o ano com mais de R$ 1 trilhão em obras contratadas. Isso vai representar diminuição nos gastos com fretes e, consequentemente, menor Custo Brasil. Vai gerar ainda um processo em cadeia, com a retomada da indústria nacional e a geração de empregos”, completou.

 

Mato Grosso

As projeções para 2030 é de que sejam produzidos no Mato Grosso, em 2030, cerca de 58 milhões de toneladas de soja e 67 toneladas de milho. “Somando, dá 225 milhões de toneladas de grãos, que vão impor um grande desafio para ser transportado por todos os meios de transporte. Por isso digo que sempre teremos carga para todos os modais e precisamos do crescimento da multimodalidade”, salientou Edeon Vaz Ferreira, diretor executivo do Movimento Pró Logística de Mato Grosso, durante palestra proferida na na Conferência Nacional de Logística (CNL), evento que integra a 26ª edição da Intermodal South America.

Crescimento do e-commerce no Brasil passa pela logística eficiente e confiável, afirma executivo do Mercado Livre

A tendência de evolução do e-commerce no Brasil passa pela logística eficiente e que ofereça confiabilidade, afirmou Fernando Yunes, líder do Mercado Livre no Brasil, em palestra proferida na Conferência Nacional de Logística (CNL), evento que integra a 26ª edição da Intermodal South America. O encontro reúne no São Paulo Expo, na capital paulista, autoridades e especialistas para debater o futuro do mercado no Brasil, até quinta (17).“A logística é o pilar fundamental para a passagem do mundo off-line para o mundo online, por proporcionar o envio rápido e eficaz com o custo mais baixo para o comprador, além de sempre proporcionar alternativas de menor impacto ambiental”, frisou Yunes. O executivo elencou, também, outras tendências que ganharam destaque nos últimos anos, provocadas pela pandemia como, por exemplo, o crescimento das vendas de consumíveis, que entram na categoria de supermercado online.Apontou, ainda, perspectivas positivas para a publicidade digital, serviços de conteúdo e streaming, a convergência entre e-commerce e fintechs e as criptomoedas. “A digitalização dos meios de pagamento favorece o e-commerce e as fintechs estão em ritmo de crescimento, com grande atuação no mercado de seguros, por exemplo. Além disso, a América Latina é hub de criptomoedas em volume de transações e de startups”, ressaltou.Porto de Pecém apresenta projeto do hub de hidrogênio verde (H2)


A diretora executiva do Porto do Pecém, Duna Gondim Uribe, apresentou, em palestra proferida na Conferência Nacional de Logística (CNL), evento que integra a 25ª edição da Intermodal South America, todo o potencial do hub de hidrogênio verde (H2) que está em fase implantação no Ceará. O complexo terá conexão direta com o Porto de Roterdã, na Holanda.O hidrogênio verde (H2V) é produzido através de fontes renováveis e se apresenta como a alternativa mais limpa para diminuir a emissão de carbono e, com isso, garantir um futuro sustentável para o planeta. A proposta do Hub de Hidrogênio Verde do Ceará é a de buscar reduzir a emissão de poluentes com novos investimentos e ampliar as oportunidades de negócios e geração de empregos, para assim impulsionar a economia do Estado.“Mais de 50% do potencial do Brasil em energias eólica e solar está no Nordeste. Estamos desenvolvendo a cadeia de valor no Pecém justamente para atender este potencial”, destacou Duna Gondim.Segundo dia terá palestras sobre inovação, desburocratização e tecnologia digital


O segundo dia da Conferência Nacional de Logística (CNL), evento que integra a 26ª edição da Intermodal South America, terá palestras e debates sobre temas como inovação, desburocratização e tecnologia digital. O encontro acontece nesta quarta (16), das 13h30 às 19 horas, e reunirá especialistas e autoridades. Um dos destaques é a palestra “Aceleração digital, colaboração, excelência em logística e supply chain”, com Jim Tompkins, CEO da Tompkins International, que acontece a partir das 18 horas.Outras palestras programadas vão abordar temas como “Inovação nos Correios: soluções e Infraestrutura da logística nacional e internacional”, “Desburocratização: como a tecnologia vem acelerando a superação da ineficiência causada pela burocracia”, “Distribuição, Armazenagem e Transporte de Medicamentos”. A conferência é promovida pela Abralog (Associação Brasileira de Logística) e a programação completa pode ser acessada clicando neste link.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt