segunda, 29 de novembro de 2021
08/02/2021 17:03

Por meio do Programa Talento Inovador, empresa catarinense busca inovar em suas fábricas


Um compressor da Embraco, marca da Nidec Global Appliance, é montado entre cinco a sete segundos nas fábricas de Joinville. Com um ciclo de fabricação tão curto, qualquer problema pode impactar a produção. Para evitar contratempos e aumentar a eficiência da linha de manufatura, os engenheiros estão desenvolvendo um sistema eletrônico chamado “call-off”, que garante que os materiais estejam no local certo, na hora certa e na quantidade certa. E o Programa Talento Inovador foi uma forma encontrada para colocar em prática o desafio. Após a fase piloto, espera-se que a inovação possa ser usada em plantas de países como México, Eslováquia ou China. 

O projeto “Desenvolvimento de um sistema eletrônico para abastecimento de linha de manufatura” foi um dos aprovados no Programa Talento Inovador SC em maio de 2020 e busca inovar na área de engenharia logística. “Queremos a menor movimentação possível dos materiais, no menor tempo, garantindo a entrega correta deles. Como temos três fábricas aqui dentro e os armazéns são separados, nossa função é criar soluções inovadoras para reduzir os sistemas de movimentação”, explica Pedro Quadros, Analista de Engenharia Logística e coordenador do projeto. 

O projeto teve início em outubro de 2020 e tem previsão de ser finalizado em setembro de 2021. “O sistema é inovador para nossa empresa, mas também em escala global. Há o conceito do sistema de chamada, o “call-off”, mas não existe um sistema de chamada ideal. Cada empresa desenvolve o seu de acordo com suas particularidades”, esclarece o engenheiro. “Esse sistema é inovador na Nidec Global Appliance como um todo. Então as plantas que eram Embraco e hoje são Nidec não têm sistema de chamada desenvolvido e outras empresas similares não têm. Justamente pela complexidade de desenvolver. Entendendo que é válido aqui, pode ser usada em plantas do México, Eslováquia ou China.” 

Há dois motivos principais para a empresa ter escolhido participar do Talento Inovador. Um deles é dispor de um profissional capacitado dedicado integralmente ao projeto. “Em muitas empresas o profissional tem que ser multitarefa e preparado para assumir várias atividades. Neste projeto específico, dada à complexidade, é importante que tenha um engenheiro 100% dedicado”, explica Quadros.  

Além disso, a empresa pode testar o bolsista para verificar se ele pode ser um bom quadro para o trabalho. “Para a empresa é bom porque podemos testar um bolsista em um projeto mais ambicioso. Vemos o Fabiano como um potencial para entrar no nosso time em definitivo. A vantagem de atuar focado e com pessoas que o guiem – eu o oriento, assim como outros profissionais –, funciona até como um trabalho acadêmico dentro de uma empresa e focado em inovação. Funciona bem para ambos. Para o nosso time está funcionando”, conta Quadros.  

O profissional a quem Quadros se referiu é o Engenheiro Eletricista Fabiano Romero de Souza Badarac, mestre em Instrumentação Eletroeletrônica com Inteligência Artificial pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Primeiro, o engenheiro se inscreveu no Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e, depois, participou de uma entrevista para participar de um projeto que teve início em fevereiro na Nidec – devido à pandemia, o projeto ficou em stand by. 

Até que teve início a proposta para desenvolver o sistema eletrônico para abastecimento de linha de manufatura. “Vi a oportunidade de trabalhar com gerenciamento de projetos e ganhar mais experiência em uma parte do gerenciamento de projetos que até então não tinha vivenciado, que é a parte de fazer estudo e planejamento: levantar dados, analisar oportunidades de melhorias para a empresa, que vão trazer retorno. Era o que estava procurando.”

O engenheiro está gostando da experiência e otimista com os resultados. “O projeto tem trazido resultado para a empresa e tem sido motivador para mim. Me sinto realizado com o que estou fazendo”, avalia Fabiano. O seu objetivo é se especializar cada vez mais. “Quero especializar minha mão de obra e levar novidade e inovação para a indústria. Vejo este trabalho como uma forma de agregar o conhecimento da academia com o conhecimento profisional”. 

O Programa Talento Inovador

O Programa Talento Inovador busca aumentar a competitividade e o desenvolvimento social, econômico, científico e tecnológico catarinense. É uma parceria da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e da Federação da Indústria do Estado de Santa Catarina (Fiesc), por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL). “Nossa intenção é aproximar a academia do setor industrial gerando oportunidades aos bolsistas/acadêmicos para testar seu conhecimento e colocá-lo em prática no mundo real, bem como ampliar a possibilidade de geração de inovação na indústria com um especialista focado no desenvolvimento de um projeto inovador que poderá ser incorporado aos quadros da empresa posteriormente”, explica o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen

Holthausen destaca a importância de trazer recursos privados para investimento em ações de CTI. “Isso amplia ainda mais as oportunidades para os pesquisadores e inovadores catarinenses, gerando riqueza e desenvolvimento econômico nas diversas regiões do estado, já que o edital está aberto em fluxo contínuo para empresas de todo o estado.”

O IEL e a FIESC têm sido parceiros importantes e essenciais para o sucesso deste programa, pois tem aproximado a Fapesc como agente público responsável pela política de pesquisa e inovação da força motriz industrial de Santa Catarina. “Só temos a agradecer essa parceria do IEL e FIESC e preparar novas oportunidades para os empreendedores de nosso estado.”, afirma Holthausen. 

Conheça mais sobre as empresas

Sobre a Nidec Global Appliance

Com mais de 15 mil colaboradores distribuídos em 9 países, a Nidec Global Appliance fabrica e comercializa produtos para aplicações comerciais e residenciais, incluindo soluções de refrigeração, motores para máquinas de lavar, secadoras e lavadoras de louça, assim como componentes para sistemas de aquecimento, ventilação e ar-condicionado. É focada em entregar um portfólio completo e inovador com altos padrões de qualidade, confiabilidade, competitividade e eficiência energética. A divisão é parte da Nidec Corporation, líder global na fabricação de motores e componentes para uma ampla variedade de indústrias, com sede no Japão. Para mais informações: www.nidec.com

Sobre a Embraco

Desde 1971, a Embraco tem sido uma fornecedora global de tecnologia de refrigeração para toda a cadeia do frio doméstica e comercial, contando com um portfólio amplo, eficiente e competitivo para equipamentos residenciais, restaurantes e cozinhas profissionais, supermercados e lojas de conveniência, expositores e aplicações especiais. Como parte do portfólio de marcas da Nidec Global Appliance, suas soluções se diferenciam pela inovação que supera as expectativas mais desafiadoras dos clientes. Para mais informações, acesse: www.embraco.com




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt