quarta, 19 de junho de 2024
20/05/2024 14:57

Multilog sedia lançamento do Plano de Desenvolvimento do Ecossistema Local de Inovação de Itajaí

Resultado da união de 140 organizações dos setores público e privado, instituições de ensino e entidades empresariais, o plano tem o objetivo de estimular o empreendedorismo, além de fomentar o ecossistema do município catarinense

Após três meses de reuniões, entrevistas e quatro workshops, foi apresentado, no dia 7 de maio, o Plano de Desenvolvimento do Ecossistema Local de Inovação de Itajaí, que tem como objetivo estimular o empreendedorismo, além de fomentar e fortalecer o ecossistema do município catarinense. O plano é resultado da união de 140 organizações, que incluem representantes dos setores público e privado, instituições de ensino, entidades empresariais e o Sebrae/SC, e propõe a criação de ambientes favoráveis para que empresas inovadoras possam, por meio da tecnologia, inovação e startups, contribuir com o desenvolvimento econômico da cidade.
 
O evento foi realizado na sede corporativa da Multilog, uma das maiores operadoras de logística integrada do Brasil, parceira e apoiadora da ação, e as apresentações destacaram os três setores prioritários com potencial tecnológico e de inovação: a Economia do Mar, Biotecnologia e Saúde e o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 
 
Para Fabrício Baggio, Diretor de Operações e Inovação da Multilog, contar com um plano que priorize e oriente as iniciativas é fundamental para que Itajaí possa se destacar ainda mais no contexto econômico e também no social.

Para o gestor do Programa Cidade Empreendedora, Alcides Sgrott Filho, o maior desafio neste momento é colocar o Plano em prática. “O mais importante é executar o que foi planejado. Para isso, nós do Sebrae/SC ficamos à disposição para continuar conectando os atores para fortalecer a geração, o desenvolvimento e a consolidação de empresas inovadoras”, enfatiza. 
 
Em um cenário no qual novas soluções nascem a cada instante, gerando mudanças significativas em empresas, produtos e consumo, as empresas precisam estar preparadas para continuar competindo, e a inovação e a sustentabilidade são essenciais para a saúde dessas empresas, ajudando no aumento de produtividade, redução de custos, aprimoramento tecnológico e desenvolvimento de novos mercados e novos negócios. 
 
Girlene Castro, gestora Estadual do Projeto Ecossistema Local de Inovação em Santa Catarina, reforçou a importância da iniciativa. “Essa sala lotada prova o potencial inovador que cada empresa possui. Hoje plantamos uma semente para esse novo mundo e daqui alguns anos, vocês poderão perceber toda a evolução que a inovação traz. Ela promove grandes transformações.”
 
O secretário de Turismo e Eventos de Itajaí, Thiago Morastoni, parabenizou a equipe do Sebrae/SC que, segundo ele, tem trabalhado constantemente com o município no fortalecimento das suas vocações e matrizes econômicas. “A gente vê a possibilidade do desenvolvimento de uma nova matriz, que está ligada a tecnologia e inovação e a todo um ecossistema, não somente local, mas regional, estadual e nacional, no qual a gente passa a fazer parte”, afirma. “Temos características muito próprias, que podem ser trabalhadas e fazer surgir uma matriz muito forte para o desenvolvimento da economia da nossa cidade.”
 
Para o Diretor de Operações e Inovação da Multilog, Fabricio Baggio, o incentivo à inovação e ao empreendedorismo são vitais para o desenvolvimento econômico do município, bem como de toda a sociedade. “A todo momento, as empresas são desafiadas a serem mais eficientes, ao mesmo tempo que lidam com questões como redução de custos e sustentabilidade, inclusive ambiental. Contar com um plano que priorize e oriente as iniciativas é fundamental para que Itajaí possa se destacar ainda mais no contexto econômico e também no social”, avalia Baggio.
 
Ele observa que os jovens presentes dentro de pouco tempo estarão aptos a trabalhar e terão mais oportunidades em um cenário que estimula o empreendedorismo, a inovação e o desenvolvimento da região. “A Multilog é um berço de aprendizado, onde se tem oportunidade de conhecer os processos e a inovação na prática, de modo simples. E contar com os jovens permite trazer o oxigênio para fazermos a diferença no nosso dia a dia”, completa o Diretor de Operações e Inovação da empresa.
 
Metodologia aplicada
Na primeira etapa, foram definidos os setores prioritários com potencial tecnológico e de inovação, para o desenvolvimento do ecossistema na região, além de apresentar os atores mapeados. Os setores foram Economia do Mar, Biotecnologia e Saúde, além do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação. Na segunda etapa, foi avaliada a maturidade atual do Ecossistema e uma visão futura para a região nos aspectos de desenvolvimento econômico e social, através da inovação e tecnologia.
 
Já na terceira etapa, foram realizadas dinâmicas para estruturação do plano de ação setorial, priorização das estratégias a curto, médio e longo prazos e estruturação da governança que seria o grupo inicial envolvendo os atores locais para execução das estratégias e ações definidas. E por fim, foram trabalhadas as atividades para a consolidação do Plano de Ação das áreas priorizadas e estruturação da governança do Ecossistema com os atores locais, realizado em abril de 2024.
 
Apoiadores
A iniciativa conta com o apoio do Sebrae Startups, Prefeitura de Itajaí (Secretaria de Tecnologia), Elume Park Centro Regional de Inovação, Itajaí Participações, Núcleo de Tecnologia e Inovação da ACII - Polo Regional Acate, Comunidade de Startups Costa Valley, Univali (Hub Uniinova - Inovação e Empreendedorismo), EQI Investimentos e Intersindical em conjunto com o Sincadi e Sindilojas, Udesc Balneário Camboriú (Labtec), Uniavan, Instituto Federal de Santa Catarina Campus Itajaí, Multilog, demais entidades empresariais e Instituições de Ensino de Itajaí.
 
Sobre a Multilog
A Multilog se posiciona como uma plataforma consolidadora de operações logísticas no País. É líder na administração de recintos alfandegados no Brasil, incluindo os pontos de fronteiras secas no Mercosul. Possui certificação de Operador Econômico Autorizado (OEA) para atuar em cinco centros logísticos industriais e aduaneiros e dois portos secos. Possui 2 escritórios corporativos e 35 unidades com 2,2 milhões m² de áreas de armazenagem. Atende clientes de diversos setores, incluindo alimentos, bens de consumo, saúde, químico, automotivo & industrial, agronegócio e tech. 
 
Fundada em Santa Catarina, com mais de duas décadas de expertise de logística, a empresa recebeu a autorização da primeira Estação Aduaneira do Interior (EADI) em 1996, começando a operar. Em 2016, passou a atuar no Paraná e no Rio Grande do Sul após aquisição de outras empresas do mercado e, ao final de 2017, iniciou em São Paulo. Em 2022, seguindo o projeto de expansão, realizou duas aquisições, que contemplam unidades distribuídas no Nordeste, em São Paulo e Santa Catarina, atingindo o faturamento de R$ 1 bilhão. Em 2023, em novo ciclo de crescimento, inaugurou o Porto Seco de Dionísio Cerqueira (SC), o Armazém Geral Químico de Itajaí (SC) e o novo Polo de Saúde de Alphaville (SP).




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt