domingo, 23 de junho de 2024
22/03/2024 17:42

Para Facisc, resultados anunciados pelo Ministério do Trabalho comprovam força do setor produtivo catarinense

Santa Catarina registrou a 2ª maior abertura de vagas do país em janeiro

No primeiro mês do ano, Santa Catarina registrou mais de 26 mil novos postos de trabalho formais na economia, o que representou o 2º maior saldo do país, atrás somente de São Paulo. Os dados são do Ministério do Trabalho, do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED divulgados nesta sexta-feira, 15/3. Para o presidente da Facisc, Elson Otto, a liderança de Santa Catarina demonstra a força do setor produtivo catarinense. “Temos uma economia diversificada aliada à determinação do povo do nosso estado. Resultados como este comprovam porque estamos na frente em qualidade de vida em Santa Catarina”.

A indústria liderou o saldo de vagas na economia catarinense em janeiro,14,3 mil novos postos. Em seguida, estão os setores de serviços, com a abertura de 6,8 mil vagas, construção, 3,9 mil, e agropecuária, 2,2 mil. Já o setor do comércio registrou fechamento de 906 vagas.

Agropecuária

O mercado de trabalho no agronegócio foi impulsionado pelo movimento sazonal do setor, dado especialmente pela colheita da maçã, que possui destaque nacional na Região Serrana do estado.

Indústria

Segundo o Centro de Inteligência e Estratégia (CIE) da Facisc, o resultado na indústria foi impulsionado pela recuperação gradual de alguns setores, seja pelo incentivo nas exportações, como pela retomada, em parte, da disponibilidade de crédito para as empresas, efeitos da política de redução da taxa de juros.

Pela ótica do comércio exterior, destaque para a retomada das exportações dos setores de madeira e móveis para os EUA, que gerou 1,9 mil vagas de trabalho. Os setores vêm sendo impulsionados pelo aquecimento do setor da construção estadunidense, no segmento de casas unifamiliares, bem como pela ampliação da capacidade produtiva devido aos incentivos governamentais de fomento à política industrial.

Já a geração de vagas no setor de máquinas e equipamentos foi incentivado tanto pelo aumento das exportações para as Américas, principalmente de máquinas agrícolas e bombas de líquidos, como também na produção de bens de capital para ampliação da capacidade produtiva doméstica, como o maquinário para frigoríficos. Em janeiro, o setor registrou o maior crescimento na produção industrial catarinense (28,5%) e abertura de 429 vagas a mais em relação ao mesmo mês em 2023.

Relacionado a isso, houve também ampliação no quadro de empregados no setor da construção, nas atividades de montagens de instalações industriais. A retomada gradual da disponibilidade de crédito na economia incentivou também contratações na construção de edifícios, 2,6 mil postos de trabalho.

Destaque também para os setores industriais relacionados ao consumo das famílias, como o alimentício (alimentos prontos, pós alimentícios, especiarias, molhos e condimentos) e o de produtos plásticos, que registraram 1,6 mil e 1,0 mil novas vagas em janeiro, respectivamente, devido ao aumento do fornecimento para o restante do país.

Serviços

Nos serviços, a movimentação no mercado formal foi estimulada pelo segmento de “informação, comunicação, atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas”, com a geração de 4,9 mil vagas. Esse segmento vem registrando crescimento no volume de vendas em relação a janeiro de 2023, com destaque para as atividades de escritório, apoio administrativo, de teleatendimento e consultoria contábil.

As atividades de transporte, armazenagem e correio também foram destaque no mês, se beneficiando ainda do escoamento e armazenagem da colheita recorde de grãos do ano passado. Foram geradas 1,6 mil novas vagas no mês, aumento de 701 postos em relação a janeiro de 2023.

Comércio

O fechamento de vagas no comércio representa o movimento sazonal do setor varejista de início do ano, após o período de férias. No mês, destaque para a geração de vagas no comércio atacadista de matérias-primas agrícolas e animais vivos, além do atacado de produtos alimentícios, bebidas e fumo.

Saldo de empregos em Santa Catarina por setor econômico




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt