terça, 21 de maio de 2024
13/12/2023 16:40

Portonave movimenta caça da Força Aérea Brasileira com excelência

Esta é a oitava aeronave recebida a partir da Portonave. A primeira chegou em 2020

A Portonave, localizada em Navegantes, Santa Catarina, realizou a operação de descarga de mais um caça F-39 Gripen da Força Aérea Brasileira (FAB). A aeronave é fabricada pela Saab, empresa sueca líder no segmento de defesa e segurança que desenvolve, produz e mantém sistemas avançados em aeronáutica, armamentos, comando e controle, além de sensores e sistemas subaquáticos.  O caça embarcou pelo Porto de Norrkoping, na Suécia, por meio do navio MV Florijngracht, do armador Spliethoff. Em terra, foi levado ao Aeroporto Internacional de Navegantes, na madrugada de quarta-feira (13), cerca de dois quilômetros de distância da empresa. A localização, segurança e equipes qualificadas do Terminal estão entre os diferenciais da Companhia para operação. 

O Gripen foi descarregado no berço dois. Com este caça, já são oito desembarcados pela Portonave, sendo o primeiro em 2020 e os demais em 2022 e 2023. A empresa realiza trabalhos de importação e exportação de breakbulk, tipo de transporte especial para mercadorias de grandes dimensões, com uma equipe operacional capacitada em trabalhar com cargas especiais. Já movimentou helicópteros, trem, grandes geradores, máquinas, lanchas e até mesmo a maior montanha russa da América Latina e a roda gigante de Balneário Camboriú.

Além das cargas especiais, se destaca, principalmente, pela operação de contêineres. Entre os Terminais de Uso Privado (TUPs), é líder de movimentação no país, de acordo com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Iniciou as operações em outubro de 2007, como o primeiro terminal privado do país, e já movimentou 12,2 milhões de TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) desde o início das operações.

De janeiro a novembro, movimentou 1.193.812 TEUs, um crescimento de 9% em comparação ao mesmo período de 2022. Representa 65% da participação de mercado em Santa Catarina e 16% em âmbito nacional (TEUs cheios). Os produtos mais importados foram o plástico, o têxtil e o maquinário. Enquanto os mais exportados foram a madeira, a carne congelada e o papel. Os países com mais importações foram a China, o Estados Unidos e a Índia. Os países de maior destino das exportações foram a China, o Estados Unidos e o México. 

Gripen Brasileiro
O Gripen é reconhecido pela eficiência, baixo custo de operação, elevada disponibilidade e capacidade tecnológica avançada. No Brasil, significa um importante salto qualitativo e tecnológico para o aumento da capacidade operacional da FAB. Incorpora tecnologias de ponta, os mais modernos sistemas, sensores e armas para atuar com facilidade em ambientes extremos, em cenários de combate altamente hostis e manter uma operação continuada a partir de aeródromos ou rodovias com baixa infraestrutura de apoio.

O programa Gripen Brasileiro é uma parceria entre o Brasil e a Suécia para o desenvolvimento conjunto e fornecimento de caças Gripen à Força Aérea Brasileira. O contrato inclui além das aeronaves, suporte logístico, sistemas de suporte e equipamentos relacionados, treinamento, armamentos e um acordo de cooperação industrial que se tornou o maior programa de transferência de tecnologia em curso no Brasil.

Sobre a Portonave
A Companhia realiza o escoamento da produção das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e de outros países da América do Sul e no recebimento de cargas de todo o mundo, o que alavancou diversos setores da cadeia logística de transporte e armazenagem de cargas, bem como gera a transformação e oportunidades para região. São mais de 1,1 mil profissionais diretos e 500 indiretos em uma área total de 400 mil m², sendo cerca de 360 mil m² de área alfandegada, dividida em três berços de atracação, em um cais linear de 900 m.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt