sábado, 18 de maio de 2024
04/12/2023 16:49

Multilog inaugura o novo Porto Seco de Dionísio Cerqueira (SC)

Empreendimento, que recebeu investimentos de R$ 50 milhões, irá alavancar a economia local e impulsionar o comércio exterior entre Brasil e países do Mercosul

A Multilog, uma das maiores operadoras de logística integrada do Brasil, inaugura no próximo dia 7 de dezembro o novo Porto Seco de Dionísio Cerqueira (SC), unidade alfandegada instalada na divisa com a Argentina e conexão com os demais países do Mercosul. O empreendimento, que recebeu R$ 50 milhões em investimentos, irá expandir as operações da empresa, alavancar a economia local e impulsionar o comércio exterior brasileiro, ao trazer mais agilidade à cadeia de suprimentos no bloco sul-americano. 
 
“Estamos muito orgulhosos de inaugurar o novo Porto Seco de Dionísio Cerqueira e expandir nossas operações para oferecer o que há de mais eficiente em termos de logística integrada, com soluções completas, sustentáveis e seguras”, afirma Djalma Vilela, presidente da Multilog. “A nova unidade irá fortalecer de maneira relevante a economia local e o comércio exterior no Mercosul”, ressalta Vilela.
 
O empreendimento, construído para atender as demandas do intenso fluxo terrestre de importação e exportação, será o principal ponto de conexão de Santa Catarina com a Argentina e um dos principais hubs de comércio exterior entre o Brasil e o Mercosul. A nova unidade reforça a atuação da Multilog em portos secos de fronteiras. 

 

O fluxo de cargas da unidade de Dionísio Cerqueira deve ser também impulsionado pela entrada em vigor da Lei 17.762/19, norma estadual que trata dos benefícios fiscais de importação do Mercosul (exceto do Uruguai), para as empresas que realizarão o desembaraço aduaneiro naquela unidade. 
 
O Porto Seco de Dionísio Cerqueira está instalado em um terreno com área total de 175 mil m2, dos quais 50 mil m2 são destinados a uma Área de Proteção Permanente. Quando atingir a capacidade plena de operação, o porto seco contará com 600 vagas para caminhões, além de um bolsão para outros 100 veículos em espera. A estrutura possui um armazém de 2 mil m², que conta com 128 m2 de Câmara Fria em três docas, para as cargas que necessitam de controle de temperatura. Contempla ainda um pátio para cargas perigosas, dois gates de entrada com balanças bidirecionais e outros dois de saída. 

Gestão tecnológica e eficiente
Toda a gestão do Porto Seco de Dionísio Cerqueira será realizada de maneira eficiente pela Multilog, apoiada no uso de tecnologias avançadas e em plataforma de dados. A estrutura tecnológica da empresa conta com softwares consolidados e reconhecidos pelo mercado, e inclui uma Torre de Controle com um Data Lakehouse construído internamente, que consolida as informações. As ferramentas concedem previsibilidade operacional, assertividade nas decisões estratégicas e direcionamento de ações. 
 
Toda essa infraestrutura é suportada por um Stack tecnológico atualizado, que inclui o ERP SAP, o CRM Salesforce e a plataforma Genius, desenvolvida pela equipe de tecnologia da Multilog. Essa plataforma oferece um portal para que os clientes possam rastrear suas cargas e acompanhar seus processos e serviços.
 
Sobre a Multilog
A Multilog se posiciona como uma plataforma consolidadora de operações logísticas no País. É líder na administração de recintos alfandegados no Brasil, incluindo os pontos de fronteiras secas no Mercosul. Possui Registro de Operador Econômico Autorizado (OEA) para atuar em cinco centros logísticos industriais e aduaneiros e no porto seco. Possui 2 escritórios corporativos e 35 unidades com 2,2 milhões m² de áreas de armazenagem. Atende clientes de diversos setores, incluindo alimentos, bens de consumo, saúde, químico, automotivo & industrial, agronegócio e tech. 
 
Fundada em Santa Catarina, com mais de duas décadas de expertise de logística, a empresa recebeu a autorização da primeira Estação Aduaneira do Interior (EADI) em 1996, começando a operar. Em 2016, passou a atuar no Paraná e no Rio Grande do Sul após aquisição de outras empresas do mercado e, ao final de 2017, iniciou em São Paulo. Em 2022, seguindo o projeto de expansão, realizou duas aquisições, que contemplam unidades distribuídas no Nordeste, em São Paulo e Santa Catarina, atingindo o faturamento de R$ 1 bilhão.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt