sexta, 29 de maio de 2020
18/03/2020 14:46

Decreto do Governo de SC deve ser cumprido no comércio de Itajaí, recomenda CDL

A determinação aponta para o fechamento do comércio para evitar a proliferação do vírus

O decreto de situação de emergência publicado nesta terça-feira (17) pelo Governo do Estado de Santa Catarina, determina algumas ações que devem ser respeitadas nos próximos sete dias, como o funcionamento do comércio em todo o território catarinense. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Itajaí recomenda aos comerciantes que cumpram as regulamentações para evitar punições, que devem ser colocadas em prática a partir desta quarta-feira (18). 

As medidas de restrições, são para a maioria dos serviços considerados não essenciais devido a pandemia do novo coronavírus. O Art 2º do decreto determina a suspensão: “das atividades e os serviços privados não essenciais, a exemplo de academias, shopping centers, restaurantes e comércio em geral;” O decreto determina ainda a “suspensão da circulação de veículos de transporte coletivo urbano municipal, intermunicipal e interestadual de passageiros”. 

Permanecem em funcionamento os atendimentos considerados essenciais, como farmácias, unidades de saúde e mercados. Entram nesta lista também os postos de combustível, distribuidoras de água, gás e energia elétrica, além das funerárias, imprensa, segurança privada e coleta de lixo. 

Para o presidente da CDL, Laerson Batista, assim como determina a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL),  esse é um momento que requer cautela e cumprimento absoluto das determinações. Nesta quarta-feira, a Polícia Militar de Itajaí vai reforçar a orientação de fechamento dos estabelecimentos que abrirem as portas, mas a partir de amanhã quem desrespeitar o decreto será notificado com um termo circunstanciado.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt