terça, 26 de maio de 2020
06/03/2020 10:06

Pesca da sardinha segue abaixo da expectativa

Os pescadores de Itajaí e região partiram para a captura com uma frota de 80 barcos

A captura da sardinha foi abaixo da expectativa nos primeiros 15 dias da temporada. Desde o encerramento do período de defeso da espécie, em 15 de fevereiro, a frota itajaiense capturou cerca de 2 mil toneladas de sardinha e 6 mil toneladas de cavalinha. A informação é do coordenador da Câmara Setorial de Cerco do Sindicato dos Armadores e da Indústria de Pesca de Itajaí e Região (Sindipi), Agnaldo Hilton dos Santos. Ele diz que nas primeiras duas semanas a captura da espécie foi fraca devido às condições climáticas.

“Esperamos que o tempo melhore para que tenhamos uma boa pesca a partir da mudança da lua”, acrescenta Agnaldo. Ele acrescenta que nos primeiros dias a frota itajaiense capturou um pouco de sardinha na região de Araranguá, no Sul de Santa Catarina, e agora a captura se intensificou na costa do Rio de Janeiro, com destaque para as regiões de Angra dos Reis e Cabo Frio.

Os pescadores de Itajaí e região partiram para a captura com uma frota de 80 barcos [espalhados na costa do Sul e Sudeste]. A expectativa de Agnaldo é que sejam pescadas entre 20 mil e 25 mil toneladas em 2020, ante 12 mil toneladas na temporada passada. Seu otimismo é justificado porque, devido a parceria firmada com as empresas GDC e Camil [detentoras das marcas Gomes da Costa e Coqueiro, respectivamente], que estão investindo R$ 2 milhões em tecnologia para aumentar a captura.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt