terça, 26 de maio de 2020
02/03/2020 08:39

Exportações brasileiras de minério de ferro caem 19%

A maioria dos embarques brasileiros de minério de ferro é fixada em contratos de longo prazo

As exportações brasileiras de minério de ferro tiveram um início lento em janeiro, totalizando 26,7 milhões de toneladas, uma queda de 19% em relação ao ano anterior. Dois terços do total das exportações, 18 milhões de toneladas, foram para a China. O coronavírus colocou partes da China em quarentena durante grande parte de fevereiro e, à medida que o país luta para se recuperar, as exportações brasileiras de minério de ferro e o mercado geral de granéis secos permanecem bastante desafiados.

A celebração chinesa do Ano Novo Lunar deste ano, juntamente com fortes chuvas no Brasil e interrupções contínuas na infraestrutura após o colapso da barragem de Brumadinho no ano passado, são as principais razões por trás das baixas exportações brasileiras de ferro em janeiro.

A maioria dos embarques brasileiros de minério de ferro é fixada em contratos de longo prazo, enquanto cargas adicionais são fixadas no mercado à vista. Fevereiro tem indicação de mais um mês lento para as exportações brasileiras, com apenas duas cargas spot para a China nas duas primeiras semanas.

Muitos dos navios nos contratos de longo prazo são Valemax e Very Large Minre Carriers, alguns dos quais foram convertidos de Very Large Brude Carriers entre 2007 e 2011. Seus contratos de 10 anos estão chegando ao fim.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt