quarta, 15 de julho de 2020
26/02/2020 08:41

Concessão: Pedágio da BR-101 Sul será de R$ 1,97

Conforme o edital, o percurso será todo monitorado e contará com 171 câmeras nas pistas, 64 câmeras em passarelas e atuação integrada com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em breve, todos os caminhões que passarem pelo trecho Sul da BR-101 pagarão o valor de R$ 1,97/eixo em cada um dos postos de pedágio que serão instalados na rodovia. Isso porque 220 quilômetros da principal rodovia do Brasil, entre Paulo Lopes e São João do Sul/SC, foram entregues à concessão em um leilão que ocorreu nesta sexta-feira, 21 de fevereiro, em São Paulo.

A empresa responsável pela concessão da BR-101 pelos próximos 30 anos é a CCR, que apresentou o menor valor de pedágio e terá R$ 7,4 bilhões de investimentos previstos.

Conforme o edital, o percurso será todo monitorado e contará com 171 câmeras nas pistas, 64 câmeras em passarelas e atuação integrada com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Para o presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli, a taxa ficou abaixo do que se esperava. “Foi uma surpresa agradável, porque a BR-101 Norte está cobrando R$ 2,70, então acredito que talvez a tarifa tenha sido reduzida para R$ 1,97 até pela quantidade de praças, que era muito contestada, pois havia a informação de que quanto menos praças maior poderia ser a tarifa”, afirmou.

Ainda não há uma data para o começo da operação, porém o projeto prevê seis bases operacionais, sendo quatro com atendimento ao usuário, sete viaturas de inspeção de tráfego, quatro ambulâncias, três caminhões-guinchos leves e dois guinchos pesados cuidarão da segurança dos usuários.

Segundo o governo federal, estão previstas, entre outras obras, novas vias marginais (70,3 km), novas faixas adicionais (98,3 km), melhorias de acessos (31), adequações de faixas de aceleração/desaceleração (185), pontos de ônibus – com baias (25), canalizações de tráfego (51), eliminação de conflitos frontais (218), dispositivos em desnível (5 implantações e 4 adequações), implantação de passarelas (18 unidades) e implantação de rotatórias em nível (42 unidades).




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt