quarta, 22 de janeiro de 2020
15/01/2020 08:42

Porto do Recife receberá R$ 51 milhões para obras

Ainda dentro desse mesmo montante, haverá uma adequação para melhorar as condições de navegabilidade na bacia onde os navios fazem as manobras até o canal de acesso do navio ao porto

Obras e intervenções importantes serão realizadas no Porto do Recife para viabilizar atividades do equipamento. Dois termos de compromisso foram assinados entre o Governo de Pernambuco e a União para liberar recursos a fim de aumentar a competitividade e melhorar as condições operacionais do ancoradouro. Os aportes liberados somam R$ 51,5 milhões.

Uma das ações será voltada para a infraestrutura aquática do porto. Por meio da negociação com a Secretaria Nacional de Portos, com execução do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o ancoradouro receberá R$ 24.189.188,34 para obras de dragagem. “Percebemos as dificuldades em conseguir recursos para as obras mais amplas, então fizemos um projeto emergencial da dragagem dos berços de atracação. E, no final do ano passado, recebemos a notícia da liberação dos recursos desse projeto”, disse o presidente do Porto do Recife, Carlos Vilar.

As obras de dragagem vão incluir o cais 00 até o 01, que serão aprofundados em 10 metros; do cais 02 ao 06, aprofundados em 11 metros; e do cais 07 ao 09, aprofundados em 8,5 metros. “Estamos no momento de preparação do edital para começar o processo licitatório. Até meados de fevereiro deve ser tudo licitado e as obras devem ser concluídas até junho”, disse Vilar. “A última dragagem foi em 2012. Desde 2015 estamos na luta para conseguir recursos porque estávamos em uma situação de dificuldade para atracação dos navios”, analisou Vilar.

Ainda dentro desse mesmo montante, haverá uma adequação para melhorar as condições de navegabilidade na bacia onde os navios fazem as manobras até o canal de acesso do navio ao porto.

O outro termo de compromisso diz respeito à infraestrutura portuária terrestre. Serão destinados R$ 27.336.730,29, firmados com o Ministério da Infraestrutura, para revigorar o equipamento. “Serão obras de pavimentação do cais portuário, drenagem da área do cais, obras de reforço de estrutura do cais 00 e 01, além de melhorar as defensas, que são os amortecedores entre o navio e o cais”, disse Vilar. A previsão é de licitar também em fevereiro e ter conclusão das obras até o final deste ano. “Essas são obras que demandam mais tempo. Estamos muito animados para essas intervenções porque são fundamentais para uma nova etapa no Porto do Recife”, destacou Vilar.

Terminal

Ainda segundo Vilar, o governo estadual também pretende fazer este ano uma concessão do Terminal Marítimo de Passageiros (TMP) à iniciativa privada. “O terminal tem um cunho mais empresarial do que portuário. A ideia é fazer o arrendamento, através de licitação, para implementar no terminal lojas, restaurantes, e, assim, trazer uma nova modelagem do espaço para o turismo”, disse Vilar. Com informações da Folha de Pernambuco




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt