segunda, 10 de agosto de 2020
22/11/2019 13:35

Itajaí é única cidade do Sul em lista das 10

A cidade de Itajaí, com população estimada em 215 mil habitantes, ocupa o 9º lugar no país. A receita é foi de R$ 1,5 bilhão - o equivalente a R$ 7,3 mil para cada morador.

Itajaí é a única cidade de Santa Catarina na lista dos municípios que têm orçamento bilionário e maior receita per capita (por pessoa) no país. O levantamento, feito pelo Observatório de Informações Municipais (OIM) e divulgado pelo Valor Econômico, leva em conta o cruzamento de dados entre o orçamento disponível nas prefeituras, em 2018, e a população.

A cidade de Itajaí, com população estimada em 215 mil habitantes, ocupa o 9º lugar no país. A receita é foi de R$ 1,5 bilhão - o equivalente a R$ 7,3 mil para cada morador.

No topo da lista, a maioria das cidades se beneficia de atividades ligadas ao petróleo. Paulínea (SP), que ocupa o primeiro lugar, é sede da refinaria da Petrobras e recebe os dividendos da atividade. Os royalties da exploração interferem nos resultados de municípios como Maricá (RJ) e Niterói (RJ), que ocupam, respectivamente, o 2º e o 10º lugar.

Serviços
Única representante do Sul do país na lista, Itajaí tem destaque na prestação de serviços. Chefe de gabinete do prefeito Volnei Morastoni (MDB), Giovani Testoni cita o porto como o grande motor da economia da cidade.

- A mola principal é o porto. (Também) A indústria naval, o crescimento logístico, construção civil, hotelaria. Uma somatória de crescimento econômico que impulsionou esses números. Muito disso, claro, em virtude da espetacular recuperação portuária - avalia.

Depois de um período de queda na movimentação, o porto dobrou o volume de cargas. Além disso, Itajaí concentra a maior parte da cadeia de serviços portuários no Estado, como empresas de comércio exterior e logística. Este ano, o Complexo Portuário do Itajaí-Açu, que integra os portos de Itajaí e Navegantes, chegará a mais de 1,2 milhão de TEUs (Twenty-foot Equivalent Unit - unidade internacional equivalente a um contêiner de 20 pés) movimentados.

Valor bruto
Se considerado o valor bruto de receita, apenas - sem os dados de população - São Paulo (SP) dispara em primeiro lugar, com R$ 57 milhões. É seguida pela cidade do Rio de Janeiro (RJ), com R$ 28,6 milhões. Com informaçõesda colunista Dagmara Spautz, do Diário Catarinense.

As mais ricas do Brasil (per capita)
1.Paulínia (SP)

Receita per capita: R$ 15.064,59

Receita orçamentária: R$ 1,6 bilhão

2. Maricá (RJ)

Receita per capita: R$ 13.19,14

Receita orçamentária: R$ 2 bilhões

3. São Sebastião (SP)

Receita per capita: R$ 11.421.04

Receita orçamentária: R$ 1 bilhão

4. Barueri (SP)

Receita per capita: R$ 11.278,85

Receita orçamentária: R$ 3 bilhões

5. Macaé (RJ)

Receita per capita: R$ 10.240,51

Receita orçamentária: R$ 2,5 bilhões

6. São Caetano do Sul (SP)

Receita per capita: R$ 9.208,11

Receita orçamentária: 1,4 bilhão

7.Cubatão (SP)

Receita per capita: R$ 9.195,82

Receita orçamentária: R$ 1.1 bilhão

8. Santana da Parnaíba (SP)

Receita per capita: R$ 8.299,10

Receita orçamentária: R$ 1,1 bilhão

9. Itajaí

Receita per capita: R$ 7,3 mil

Receita orçamentária: R$ 1,5 bilhão

1. Niterói (RJ)

Receita per capita: R$ 6.946,36

Receita orçamentária: R$ 3,5 bilhões




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt