quarta, 26 de fevereiro de 2020
22/11/2019 07:59

Iniciada temporada de cruzeiros 2019-20

A expectativa da operadora é movimentar 30 mil passageiros, com 20 mil embarques na cidade

A atracação do navio de passageiros MSC Sinfonia no berço 4 do Porto de Itajaí em 14 de dezembro marca o início da temporada de cruzeiros 2019-20 na cidade. Estão previstas 13 escalas da gigante MSC Cruzeiros, maior empresa privada de cruzeiros do mundo e líder de mercado na Europa. Além da MSC, Itajaí receberá escalas isoladas dos navios World Explorer, Hamburg, Silver Shadow e Hanseatic Inspiration, em escalas de longo curso. 

Além de manter suas operações à cidade, a operadora suíça confirmou Itajaí como o 4º home port da companhia no Brasil, junto com Santos (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA). São portos onde ocorre o embarque e desembarque de passageiros nos transatlânticos, o que, além da movimentação das escalas tradicionais, aumenta o potencial econômico do turismo de cruzeiros, já que os passageiros chegam com antecedência e costumam usar a rede hoteleira, movimentar a gastronomia e os atrativos locais.

A expectativa da operadora é movimentar 30 mil passageiros, com 20 mil embarques na cidade. Vai escalar em Itajaí o navio MSC Sinfonia, com capacidade para 2,6 mil passageiros, 274,9 metros de comprimento e com itinerário de sete noites, incluindo paradas em Montevidéu (Uruguai) e Buenos Aires (Argentina).

Estado opera mais de 50 escalas

Santa Catarina deve receber, a partir de novembro, 53 escalas de navios de turismo para a temporada 2019-20. São esperados cerca de 170 mil cruzeiristas que devem deixar no estado mais de R$ 87 milhões. O cálculo leva em conta o quanto cada passageiro representa, economicamente, para cada cidade que recebe uma escala. Além de Itajaí, as atracações estão programadas para acontecerem em Balneário Camboriú e Porto Belo.

Com 26 escalas previstas [o maior número do Estado] o Atracadouro Barra Sul, em Balneário Camboriú, estima reveber 90 mil passageiros e terá atracações de três operadoras: MSC, Costa Cruzeiros e Pullmantur. Porto Belo, por sua vez, tem expectativa de 14 escalas, com 50 mil passageiros a bordo.

Imbituba pode receber navios de cruzeiros

A diretoria executiva da SCPar Porto de Imbituba recebeu em novembro uma comitiva para tratar da possibilidade do porto receber uma escala teste para avaliar a possibilidade de operações de navios de passageiros no Sul de Santa Catarina. A ação deve envolver as empresas armadoras Costa e MSC Cruzeiros, a Associação Internacional e Linhas de Cruzeiro (CLIA), Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Associação Empresarial de Imbituba (ACIM) e o Município.

“Definitivamente queremos colocar Santa Catarina como o Estado que mais tem estrutura, tanto em termos portuários como em produtos turísticos. Estamos aqui para entender de que forma a região consegue se estruturar para estar no mapa dos cruzeiros internacionais”, ressaltou a presidente da SANTUR, Flavia Didomenico.

O diretor-presidente da SCPar Porto de Imbituba, Jamazi Aldredo Ziegler, destaca a importância de se pensar em diferentes soluções para as operações portuárias e acredita que as operações de navios de passageiros não agregar crescimento e desenvolvimento socioeconômico para a região. “Vamos agora reunir nossa equipe técnica para avaliar essa possibilidade do ponto de vista operacional, e também junto aos órgãos intervenientes e aos nossos atuais parceiros, para uma possível modelagem que integra a operações de cargas atuais e de passageiros”, explica Ziegler.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt