terça, 26 de maio de 2020
24/09/2019 08:30

Estaleiros de Itajaí são premiados com os melhores barcos do Brasil

O prêmio é considerado o Oscar da náutica e foi conferido pelo maior portal especializado no assunto do Brasil

Itajaí é a grande vencedora do prêmio Bombarco de Excelência Náutica 2019. O município abriga em seu território três estaleiros com os melhores barcos do Brasil - sendo que foram premiados apenas os quatro melhores do país. Além de reconhecer a qualidade da mão de obra local, o prêmio também reforça o título que Itajaí detém de Capital da Construção Naval e do Turismo Náutico.

O prêmio é considerado o Oscar da náutica e foi conferido pelo maior portal especializado no assunto do Brasil. Eram seis troféus em disputa, dos quais os estaleiros de Itajaí foram os melhores em cinco deles, nas categorias Diversão, Família, Luxo, Iate e Barco do Ano.

O estaleiro itajaiense Fibrafort conquistou prêmios na categoria Diversão com o barco Focker 242 GTO, e na categoria Família com a embarcação F 420. Já a empresa italiana instalada em Itajaí, Azimut, ganhou nas categorias Luxo com o barco Azimut 62 e Iate com a embarcação Azimut Grande 27 Metri. Já o estaleiro NHD venceu como Barco do Ano com NHD 270.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Itajaí, Thiago Morastoni, essas conquistas comprovam o potencial da cidade na indústria náutica. “Itajaí tem uma vocação náutica e hoje somos referência nacional na produção de barcos de alto padrão e qualidade. Isso se deve a nossa mão de obra qualificada e a infraestrutura que ofertamos”, justifica o secretário.

A premiação ocorreu em São Paulo, no Terraço Itália, na terça-feira (17). Além dos estaleiros de Itajaí, também foram premiados personalidades do setor. Vilfredo Schurmann foi reconhecido como Defensor dos Oceanos. Ele também tem relação com Itajaí ao escolher o município como ponto de partida e chegada de sua última viagem na Expedição Oriente.

Polo náutico

Itajaí e a região da Grande Florianópolis concentram a maioria dos estaleiros de lazer do Brasil. Santa Catarina responde por 40% da produção nacional e, se considerado somente o segmento de iates de luxo, o percentual é ainda maior, ultrapassando os 50%. As principais marcas que fabricam embarcações de lazer em Santa Catarina são a Azimut, Armatti, Schaeffer Sedna e Fibrafort. Destas a Azimut [líder global no mercado de iates e lanchas de luxo], Sedna e Fibrafort estão em Itajaí. No entanto, além destes, o município e região abrigam mais cerca de 10 empresas, de menor porte.

Os números foram apresentados pelo presidente do São Paulo Boat Show, Ernani Paciornik. O evento é considerado o maior salão náutico indoor da América Latina, que terminou na terça-feira (24), na capital paulista.

Outra boa notícia para a indústria náutica é que o mercado, afetado internamente pela crise no país, começa a reaquecer, na avaliação de Paciornik. A última edição do São Paulo Boat Show contabilizou 250 embarcações vendidas, com R$ 155 milhões em negociações diretas. O incremento nesta edição é de 10%, com reflexo para as marcas locais.

Com a Lei Estadual nº 17.587, Itajaí é reconhecida como Capital da Construção Naval e do Turismo Náutico. Para manter a referência nacional, o Município de Itajaí segue na busca de mais visibilidade e oportunidades para o setor náutico.

“Trabalhamos para continuar fomentando o mercado náutico na cidade, tanto na área turística como na área de desenvolvimento e geração de emprego. Queremos atrair mais estaleiros, gerar mais postos de trabalho e concorrência”, afirma Thiago Morastoni. No Brasil, mais 100 estaleiros nacionais e internacionais trabalham na fabricação de embarcações de esporte e recreio.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt