quinta, 14 de novembro de 2019
13/08/2019 15:50

Produção industrial de SC cresceu 4,7% no primeiro semestre

Com o aumento de 4,7%, o Estado ficou bem acima do desempenho nacional

A produção industrial de Santa Catarina cresceu 4,7% no primeiro semestre, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta semana. O resultado foi o terceiro melhor do país, atrás apenas do Rio Grande do Sul, com 8%, e do Paraná, com 7,8%. 

A maioria dos setores apresentou crescimento. O destaque foi a fabricação de máquinas, aparelhos e materiais elétricos, com 14,5%. Em seguida, está a fabricação de máquinas e equipamentos (9,3%) e a fabricação de produtos de metal (8,9%). 

O único setor que fechou o semestre com recuo foi o têxtil, com -2,8%. "As atividades industriais do Estado tiveram um desempenho bem positivo, que influenciaram no crescimento. A queda do têxtil já era esperada por causa do inverno, que não foi tão rigoroso nesses primeiros meses", disse a economista da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Edilene Cavalcanti dos Anjos. 

Com o aumento de 4,7%, o Estado ficou bem acima do desempenho nacional. No período, segundo o IBGE, a indústria nacional acumulou queda de 1,6%. "A indústria de Santa Catarina foi beneficiada por não ser tão dependente do extrativismo. O Brasil está registrando desempenho negativo principalmente pela indústria extrativa. Em função do caso de Brumadinho, o setor foi o mais impactado, e está puxando a média brasileira para baixo", disse Edilene. 

Segundo ela, outros fatores também contribuem para o avanço do setor. Um deles é o cenário positivo no mercado internacional que, com câmbio favorável, tem impulsionado as exportações do Estado. Outro ponto, é a diversificação da produção e a alta intenção de investir do empresário catarinense, diz. 

"O cenário é positivo. Então a expectativa para os próximos meses, com a Reforma da Previdência, favorecem os indicadores de Santa Catarina e a expectativa é de que a gente feche o ano em crescimento", afirmou. 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt