segunda, 17 de fevereiro de 2020
05/08/2019 15:30

Semasa lança licitação para ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto


O Semasa vai ampliar a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Cidade Nova e o edital para a escolha da empresa que vai realizar os estudos para a obra já está disponível. A licitação prevê que a expansão deverá atender a projeção populacional de Itajaí para o alcance de 25 anos. Além de estudos de concepção, a empresa contemplada deverá apresentar projeto arquitetônico, hidráulico, de estruturas, de fundações, elétrico, de automação, de drenagem pluvial, de urbanização e de paisagismo, entre outros.

As empresas que participarem do processo de licitação vão concorrer na modalidade técnica-preço, por se tratar de uma contratação de serviços predominantementes intelectuais. Isso significa que a vencedora será escolhida em função de pontuações atribuídas por uma comissão para suas qualificações técnicas, em conjunto com a valorização de uma tabela de custos mais baixa.

A Concorrência 003/2019 terá sua sessão de abertura de envelopes e julgamento no dia 17 de setembro e até cinco dias úteis antes as empresas interessadas podem solicitar informações e esclarecimentos. A autarquia estima um orçamento máximo de R$ 1,3 milhões para a realização total dos trabalhos. Recomenda-se que as empresas licitantes visitem as instalações da ETE Cidade Nova, para que tenham plena ciência das reais características do sistema já existente.

Atualmente, a ETE Cidade Nova atua dentro das técnicas mais avançadas de redução de consumo de energia, garantindo maior eficiência em todas as fases de trabalho. A ETE utiliza o sistema de lodo ativado com aeração forçada. Tem capacidade de tratamento de 133 litros por segundo de resíduos domésticos, o que significa ser capaz de remover 95% da carga orgânica. Três sistemas de tratamento compõem a estrutura: primário, secundário e desinfecção com dióxido de cloro. Um laboratório de análises físicas, químicas e microbiológicas de esgotos também foi montado. É de extrema importância que os estudos de concepção sigam os três sistemas de tratamento já existentes ‒ primário, secundário e desinfecção ‒ e que principalmente não interfiram nas atividades rotineiras da ETE.

Este projeto integra o conjunto mais amplo de ações que visam elevar o padrão de saneamento de Itajaí, conforme explica o Diretor de Saneamento do Semasa, Victor Silvestre: “Enquanto as frentes de trabalho em Cordeiros e São Vicente preparam a rede para receber as ligações, na ETE Cidade Nova garantimos que os efluentes serão devolvidos à natureza em condições adequadas ao desenvolvimento da vida no Itajaí-mirim e em todo o município”.

Mais informações nos telefones 0800 645 0195 ou 3344-9000.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt