terça, 20 de agosto de 2019
18/07/2019 15:52

Pescadores irão a Brasília em audiência pública sobre decisões que afetam o setor

Uma das principais reivindicações do setor na audiência será a revisão da proibição da pesca nas 12 milhas próximas à costa do Rio Grande do Sul

Os pescadores de Santa Catarina irão para Brasília no início de agosto para pressionar o governo contra medidas que impactam diretamente o setor. A expectativa é de que mais de 100 catarinenses participem da audiência pública organizada pela Frente Parlamentar da Pesca, que será realizada no Congresso no dia 06 de agosto. “Precisamos nos unir e mostrar nossa força. Está demais, uma hora é a carteirinha, outra hora é a 445, agora são as 12 milhas. Precisamos que o governo entenda de uma vez por todas a importância da pesca”, afirma o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Pesca de Santa Catarina (Sitrapesca) Henrique Pereira. 

Os ônibus sairão no dia 04 de agosto de Itajaí, Penha e Governador Celso Ramos. A viagem está sendo organizada pelo Sitrapesca em parceria com o Sindicato dos Armadores e das Indústrias Sindipi. Outros dois ônibus devem sair de Santos e do Rio de Janeiro. “Nossa intenção é pressionar e mostrar que a pesca tem força”, frisa Pereira. 

Uma das principais reivindicações do setor na audiência será a revisão da proibição da pesca nas 12 milhas próximas à costa do Rio Grande do Sul. Na teoria a proibição é para a pesca de arrasto, mas, na prática, barcos de outras modalidades já foram autuados. 

Os pescadores que quiserem participar do evento em Brasília devem procurar a sede do Sitrapesca e fazer sua inscrição. A viagem é gratuita. O Sitrapesca fica na rua Hélio Douat de Menezes, 115, no bairro São João, em Itajaí. O telefone é 3348-4833.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt