terça, 20 de agosto de 2019
18/04/2019 10:58

Porto e Município de Itajaí apresentam modelo de concessão na Câmara de Vereadores

Com administração municipal garantida, proposta captará investimentos privados na área operacional

O Porto e o Município de Itajaí realizaram uma apresentação aos vereadores na Câmara Municipal sobre a concessão das operações portuárias, na tarde desta quarta-feira (18). Na proposta trazida de Brasília, o Porto de Itajaí permanece sob a administração pública municipal com suas operações concedidas à iniciativa privada. Com a concessão, a empresa vencedora terá responsabilidade na expansão da área primária do porto e da construção da via expressa portuária.

A proposta foi acordada em Brasília pelo prefeito de Itajaí Volnei Morastoni, o superintendente do Porto Marcelo Werner Salles em conjunto com o ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas e o secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviário, Diogo Piloni e Silva.

Sob a responsabilidade da concessionária ficará a operação dos quatro berços públicos, dois hoje em um contrato de arrendamento, com a obrigação de investimentos em maquinário. Também estariam como obrigações de investimentos a construção da via expressa portuária e a expansão da área primário do Porto de 100 mil para 308 mil m².

“É uma grande notícia que trouxemos de Brasília sobre o nosso porto. Diferente de outros portos no país, nós colocamos algumas condições para garantir nossa administração municipal”, apresenta o prefeito Volnei Morastoni. “O Porto de Itajaí é fruto de nossa capacidade e de nossa história e, por isso, devemos manter a autoridade portuária sob a municipalidade”, conclui.

“Estaremos investindo R$ 78 milhões este ano nas melhorias do Porto de Itajaí. Com os quatro berços operando, a bacia de evolução quase concluída e nosso trabalho e localização privilegiados, voltamos a ser a cereja do bolo”, disse o superintendente Marcelo Salles.

Diante da apresentação, os vereadores presentes fizeram alguns questionamentos e elogiaram a iniciativa da administração municipal em pensar o Porto com maior competitividade no cenário nacional e internacional.

Sobre o porto
Atualmente, o Porto de Itajaí se mantém como o segundo maior movimentador de contêineres do Brasil e é responsável por 5% da balança comercial brasileira. Registrou aumento de 60% na movimentação no primeiro bimestre deste ano e encerrou 2018 com o melhor resultado anual desde 2011.  




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt