domingo, 16 de dezembro de 2018
06/12/2018 16:30

Vendas industriais acumulam alta de 13,3% até outubro

Faturamento cresceu em 13 das 14 atividades pesquisadas, com destaque para produtos alimentícios, produtos de metal e vestuário e acessórios, mostra pesquisa da FIESC

As vendas da indústria catarinense acumulam alta de 13,3% até outubro, com crescimento em 13 das 14 atividades pesquisadas. O setores com melhores desempenhos foram produtos alimentícios (34,9%), produtos de metal (25,5%), vestuário e acessórios (20,9%), veículos, reboques e carrocerias (15,3%), produtos de madeira (15,3%) e móveis (14,6%). Celulose e papel é o único setor que registrou retração no período (-2,9%), mostra a pesquisa indicadores industriais, da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC). 

As vendas de outubro ampliaram 12,6% na comparação com o mesmo mês em 2017. Dos 14 segmentos pesquisados, 10 registraram aumento das vendas, com destaque para produtos alimentícios (45,6%), produtos de madeira (30,2%) e móveis (22%). Entre os setores que tiveram decréscimo no período estão celulose e papel (-5%), metalurgia (-3,6%) e borracha e material plástico (-1,3%).

Resultado nacional: O faturamento da indústria brasileira caiu 2,2% em outubro frente a setembro, na série com ajuste sazonal. Foi a segunda queda consecutiva do indicador nesta base de comparação. Em relação a outubro de 2017, o faturamento cresceu 2,4%, informam os Indicadores Industriais, divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A pesquisa mostra ainda que as horas trabalhadas na produção ficaram estáveis em outubro na comparação com setembro, na série com ajuste sazonal. No entanto, em relação a outubro do ano passado, registram crescimento de 1,1%. A utilização da capacidade instalada caiu 0,2 ponto percentual em relação a setembro e ficou em 77,1% em outubro, na série com ajuste sazonal.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt