quarta, 16 de outubro de 2019
19/11/2018 15:55

Nova draga chega a Itajaí para concluir obra da nova bacia de evolução e fazer dragagem de manutenção nos acessos portuários

Com a chegada do novo equipamento, a expectativa é de que as dragagens da nova bacia de evolução e dos canais estejam concluídas em duas semanas

Chegou a Itajaí no domingo, 18, a draga Utrecht, do armador holandês Van Oord, que iniciou os trabalhos de dragagem da nova bacia de evolução do Complexo Portuário e, posteriormente, vai trabalhar no restabelecimento das cotas de 14 metros e 14,5 metros nos acessos – canais internos e externo e atual bacia de manobras.

A dragagem da nova bacia de evolução, que está sendo executada pela Triunfo, até agora era executada pela draga Catarina, de propriedade da empresa. No entanto, a Triunfo vendeu a draga para a armadora Van Oord, que se comprometeu a concluir os serviços. O engenheiro Ivan Amaral, da Secretaria de Estado da Infraestrutura e responsável pela fiscalização da obra, informa que a draga Utrecht tem o triplo de capacidade da draga Catarina, o que tende a agilizar a obra.

Segundo Amaral, enquanto a Catarina dragava de 2,5 a 3 mil metros cúbicos de sedimentos, esse equipamento draga 9 mil metros cúbicos de materiais sólidos e tem cisterna com capacidade para 18 mil metros cúbicos. Com a chegada do novo equipamento, a expectativa é de que as dragagens da nova bacia de evolução e dos canais estejam concluídas em duas semanas, faltando apenas a ponte do molhe norte para ser dragada.

Como a empresa Van Oord foi a vencedora de processo licitatório aberto pela Autoridade Portuária de Itajaí para as dragagens de manutenção dos parâmetros de navegação nas cotas de 14 metros e 14,5 metros, o equipamento deve permanecer em Itajaí. A Superintendência do Porto de Itajaí deve se manifestar oficialmente sobre os resviços no prazo de dez dias.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt