sexta, 16 de novembro de 2018
07/11/2018 14:35

Itajaí concorre para trazer de volta a Volvo Ocean Race

Itajaí novamente concorre com Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ) na disputa por sediar a parada brasileira da regata

O sucesso das três paradas da regata internacional Volvo Ocean Race em Itajaí garantiu que a empresa fosse incluída automaticamente pela organizadora do evento – a empresa britânica The Sports Consultancy, agora denominada Atlant Ocean Racing — na segunda faseda seeção das cidades para sediar a regata em 2021. Isso garante que a cidade brasileira, juntamente com Auckland, na Nova Zelândia, não passarão por novas auditorias para avaliar infraestrutura, já que foram bem-sucedidas em edições anteriores.

No entanto, Itajaí novamente concorre com Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ) na disputa por sediar a parada brasileira da regata. As três cidades já disputaram a Stopover de abril deste ano, que ocorreu em Itajaí e atraiu um público de ais de 400 mil pessoas.

Além de infraestrutura e serviços, acordos financeiros têm grande peso na negociação. A Secretaria de Turismo de Itajaí aguarda um posicionamento mais concreto da organização da regata para discutir apoio junto ao Governo do Estado, que nas edições passadas entrou com a maior fatia dos investimentos, para o pagamento do direito de sediar o evento, que foi de R$ 4,7 milhões na edição 2017-18. O recém-eleito deputado estadual Onir Mocelin se responsabilizou por intermediar as negociações com o governador eleito Carlos Moisés (PSL).

Os organizadores da última edição em Itajaí já haviam apresentado à organização da regata, em Haia, na Holanda, uma carta de intenções formalizando o interesse em permanecer na disputa. O governo de Santa Catarina também já apresentou um protocolo de intenções.

 

 

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt