sexta, 16 de novembro de 2018
12/09/2018 10:30

Produção de trigo e cevada superam números mesmo com poucas chuvas no estado


O estado de Santa Catarina deve colher nesta safra, segundo o último levantamento divulgado esta semana pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), 174,3 mil toneladas de trigo, com um aumento de 22,9% comparado à safra de 2017/18, quando obteve 141 mil t. Também a área e a produtividade do cereal tiveram ganhos de 7,8% e de 14,1%, respectivamente.

De acordo ainda com o estudo, as lavouras de trigo poderiam ter superado mais ainda esses números, se não fosse pelos parâmetros climáticos desfavoráveis à cultura nos últimos dias. As poucas chuvas de julho e agosto afetaram a maior parte das regiões tritícolas do estado, comprometendo alguns tratos culturais, como adubação e aplicação de defensivos prejudicada pela pouca umidade do solo. O levantamento mostra que cerca de 40% das lavouras encontram-se no estágio de perfilhamento, 53% em alongamento, 5% na fase de emborrachamento e 2% em floração.

Em relação à cultura da cevada, os 600 hectares de área previstos para a cultura devem produzir 2,2 mil toneladas, com aumento de 10%, graças à produtividade de mais de 100% (3.700kg/ha) alcançada, embora com redução de área de 50% frente à última safra. Atualmente, as condições climáticas estão sendo favoráveis, uma vez que as áreas em cultivo estão concentradas nas regiões onde não ocorreram déficits hídricos tão acentuados quanto as que concentram o plantio de trigo.

Apesar do bom desempenho da cevada e do trigo, a produção total de grãos no estado foi de 6,3 milhões de toneladas de grãos, entre soja, milho e arroz, com queda de 9,3% em comparação com a safra 2016/17. O milho foi o principal responsável por este resultado, ao registrar déficit de 21,8% na colheita.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt