sábado, 21 de julho de 2018
19/06/2018 15:36

Estaleiro de Itajaí pode construir corvetas para a Marinha do Brasil

O Estaleiro Oceana é uma das poucas empresas de construção naval de Itajaí que resistiu a crise do setor

O Estaleiro Oceana, de Itajaí, é uma das empresas que participam do processo licitatório para a construção de quatro corvetas da Classe Tamandaré para a Marinha do Brasil. Controlado pelo Grupo CBO, o estaleiro catarinense integra o consórcio “Águas Azuis”, juntamente com as empresas Atech Negócios em Tecnologias S.A, Embraer S.A e Thyssenkrupp Marine Systems GmbH, contando com as empresas subcontratadas Ares Aeroespacial e Defesa S.A, Fundação Ezute, Omnisys Engenharia Ltda, SKM Eletro Eletrônica Ltda e WEG equipamentos elétricos S.A.

As propostas de nove empresas e consórcios interessados na construção das embarcações foram entregues à Marinha na segunda-feira, 18. De acordo com a força naval, as propostas agora serão analisadas sob os pontos de vista técnico, jurídico, fiscal e orçamentário e financeiro. Segundo a Marinha, a divulgação da "short list" está prevista para o próximo dia 27 de agosto e a melhor oferta será divulgada no dia 29 de outubro.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt