domingo, 24 de março de 2019
22/02/2017 15:27

Porto de Suape investe R$ 4 milhões na manutenção das estruturas portuárias

Inspeções e manutenções periódicas aumentam a vida útil dos equipamentos e melhoram a produtividade do porto pernambucano

O Complexo Industrial Portuário de Suape está investindo R$ 4 milhões para a realização de serviços de manutenção preventiva, preditiva e corretiva nas estruturas mecânicas e elétricas do Porto de Suape. Os serviços têm como objetivo melhorar ainda mais o desempenho do porto diante do crescente aumento na movimentação de cargas. Durante o ano de 2016, o atracadouro movimentou 22,74 milhões de toneladas, registrando um crescimento de 15% em relação a 2015.

Toda a estrutura mecânica e elétrica do Porto Organizado de Suape está sendo contemplada nesses serviços, incluindo limpeza, jateamento, pintura, ajustes e demais correções em boias de sinalização, defensas portuárias, guarda-corpos, passarelas, escadas, trilhos, cabrestantes e demais elementos mecânicos. Já na área elétrica, estão sendo contemplados os serviços de organização de cabeamentos, substituição de eletrodutos, troca de lâmpadas e reatores e uma inspeção profunda quanto à qualidade da energia elétrica consumida e seu uso eficiente. 

O processo de manutenção está dividido em etapas. Após a definição do planejamento semanal pelo Comitê de Manutenção, a empresa contratada executa os serviços que asseguram, prioritariamente, o atendimento às demandas da Operação Portuária e àquelas relacionadas às questões de segurança das instalações. São, ao todo, 23 profissionais envolvidos nas atividades, entre eles Engenheiros Mecânicos, Mecatrônicos e Eletricistas; Técnicos em Mecânica, auxiliares de mecânica, Técnicos em Eletrotécnica, auxiliares de elétrica, técnicos de segurança do trabalho, pintor, soldador marítimo e estagiários.

De acordo com o diretor de Gestão Portuária, Paulo Coimbra, para garantir a durabilidade dos equipamentos portuários, além de serem exigidos projetos bem elaborados e boas práticas construtivas, são necessárias inspeções e manutenção periódicas. “As infraestruturas portuárias constituem investimentos de alto valor econômico-financeiro. Investir em manutenção é um processo complexo que não pode ser pensado de forma generalizada, mas sim pensado separadamente de forma a descobrir a melhor maneira de se preservar cada uma delas. Para cada caso é necessário conhecer as possíveis anomalias que poderão afetar o desempenho da infraestrutura, a origem dessas anomalias, e as melhores formas de tratamento e correção possíveis”, pontuou. 

Suape é um porto abrigado, com águas calmas e profundidade que varia de 15,5 a 20 metros, o que permite a operação de embarcações durante os 365 dias do ano. O Porto Organizado de Suape tem área de 3.232,58 hectares. É neste espaço que todos os serviços serão realizados e é onde ficam as instalações portuárias composta por cinco cais de atracação, um cais de múltiplos usos, quatro píeres de granéis líquidos, e uma tancagem flutuante de GLP, com profundidades variadas.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt