domingo, 24 de março de 2019
16/02/2017 16:54

Maior franquia educacional do país, Kumon aposta em Santa Catarina e inaugura duas unidades

Com um método respeitado em todo o mundo e prestes a completar 40 anos do Brasil, as inaugurações acontecem, de forma simultânea, nos dias 22 e 23 de fevereiro

As cidades de Itapema e Caçador, em Santa Catarina, foram escolhidas para receber as novas unidades do Kumon, rede especializada em formar autodidatas no Brasil há 40 anos. As aberturas das lojas fazem parte do processo de expansão da marca, que tem interesse em aumentar suas operações em Santa Catarina.

Durante as inaugurações, que acontecem de forma simultânea nas cidades nos dias 22 e 23 de fevereiro, os convidados terão a oportunidade de conhecer a unidade e o método Kumon. O evento está marcado para o dia 22, às 19h.

Maior rede de franquias educacional do país com mais de 1.350 unidades, o Kumon oferece cursos de matemática, português, inglês e japonês, para todas as idades. Com material autoinstrutivo e orientação individualizada, o ensino desenvolve nos alunos a capacidade em aprender por si só. Além disso, com os exercícios como os de raciocínio lógico e interpretação, o método estimula habilidades como a independência, responsabilidade, além de ajudar na concentração. O curso oferece conteúdos que vão da pré-escola até o ensino superior.

Jussara, orientadora da unidade de Caçador, já viu como o método traz resultado, mesmo em pouco tempo, “o aluno se envolve com o material e com as aulas. O método realmente faz diferença nos estudos das crianças. Além disso, me trouxe uma realização pessoal muito grande lidar com os pequenos”.

"Uma viagem de descobertas. Assim é abrir uma unidade Kumon: você passa a contemplar uma infinidade de capacidades, habilidades e potenciais a serem desenvolvidos. Há ainda o medo e a insegurança, que aos poucos vão se tornando sorrisos, seus e dos seus alunos.", completou Angela, orientadora da unidade de Itapema.

Sobre o Kumon

Criado no Japão em 1958, pelo professor Toru Kumon, o método utiliza os chamados exercícios-guia para que o aluno realize as atividades com o mínimo de intervenção do orientador. Somente após absorver totalmente a informação, avançam para os níveis subsequentes. "O aprendizado segue na simplicidade do papel e lápis. O que se escreve de próprio punho não se esquece, e é isso que faz com que o Kumon esteja em tantos países", diz Masami Furuta, presidente da empresa no Brasil. O método está presente em 49 países e reúne mais de 4 milhões de estudantes. No Brasil são aproximadamente 1500 unidades em 550 cidades, somando mais de 160 mil alunos, dos 180 mil na América do Sul.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt