domingo, 26 de maio de 2019
15/02/2017 16:04

Escola de idiomas catarinense muda de marca para se fortalecer no mercado

Junto com o novo nome e cores, detalhes também foram pensados para criar mais empatia com o público

       A Target Idiomas está mudando sua marca: agora, a escola de Joinville (SC) se chama My Target e, em vez de vermelho e branco, adotou as cores roxo e amarelo. A renovação tem como objetivo manter a instituição integrada às novas tendências e formas de se relacionar com seus alunos e mercado. A identidade foi criada pela Braza Branding, escritório de design especializado em gestão de marcas. As mudanças, incluindo a repaginação nas três unidades da escola (fachada, decoração interna, salas temáticas) e a reestruturação do site e formato de comunicação, serão implantadas gradativamente, ao longo do primeiro semestre.
 
“Precisávamos nos modernizar, traduzir melhor o que somos. A palavra ‘Target’ remetia ao desafio, a algo imposto. Estava séria demais. A nova marca está mais carinhosa, amável e confortável. Reproduz o que o aluno encontra dentro da escola: além do ensino, um ambiente acolhedor, com um time bem preparado”, frisa a diretora geral Luiza Meneghim.
 
A escola foi criada por Luiza em 2006. Na época, com uma carreira de 10 anos como professora de inglês, iniciou dando aulas em uma sala alugada. Hoje, são três endereços, no Centro e nos bairros Costa e Silva e Floresta. “Trazemos uma oferta descentralizada, presente nos bairros, com um custo-benefício atrativo”, frisa a diretora. “A nova comunicação tem por objetivo aproximar as línguas estrangeiras do uso diário dos alunos, e de seus objetivos, não apenas apresentá-las como algo necessário a sua carreira e futuro, mas também à satisfação que elas podem nos trazer no dia a dia, através da música, do cinema, da literatura, e até mesmo dos games e da gastronomia, por exemplo”, explica.
 
O processo para a reformulação durou 60 dias. “Primeiramente, foi preciso ter uma visão de mercado, apontando os pontos fortes e fracos da marca e avaliando a concorrência. A ideia da Target era boa, mas havia uma desconexão com o público final”, aponta Fabio de Freitas, diretor da Braza Branding. A ideia do nome “My Target” veio da própria Luiza. “O acréscimo do ‘My’ trouxe mais proximidade: você constrói o seu futuro, da sua forma, do seu jeito”, esclarece Fabio.
 
Junto com o novo nome e cores, detalhes também foram pensados para criar mais empatia com o público. A frase “Viva! seu mundo”, que acompanha o My Target, traz o ponto de exclamação para exaltar a proposta embutida no slogan. A circunferência que envolve o “My” remonta ao planeta, “ao seu mundo”. As duas letras “t” da palavra “target” estão dispostas de forma envolvente, semelhante a um abraço. “Os jovens hoje desejam aliar facilidade em acesso, resultado rápido e conforto e diversão. Eles têm que ser atraídos pela paixão. Procuram não somente aprender uma língua estrangeira, mas fazer amizades, se divertir. A nova comunicação visa estabelecer essa relação emocional”, frisa Fabio.
 
A nova abordagem foi influenciada por diversas áreas de negócios, não ficando restrita ao universo da educação ou da língua estrangeira. “No mercado das línguas estrangeiras, todas as escolas conversam de forma horizontal, com discurso similar. Agora, com um mercado mais agressivo, as mais organizadas e estruturadas são as que se destacam”, enfatiza o diretor da Braza.



Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt