sábado, 20 de julho de 2019
19/06/2017

Passados 40 dias e nada dos recursos para o Porto de Itajaí


O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, assinou no dia 11 de maio a autorização para a liberação de R$ 23 milhões para a conclusão das obras de reforço e realinhamento do berço 3 e ensaios para estudos de viabilidade da obra do berço 4. Só que, passados quase 40 dias da liberação, os recursos ainda não foram transferidos para a Superintendência do Porto de Itajaí.  

E sem o repasse dos recursos, a obra continua abandonada, uma vez que a retomada dos trabalhos está vinculada a apresentação de um cronograma de pagamentos à empreiteira Serveng, que cansada de acreditar nas promessas de Brasília, mobilizara o canteiro de obras somente após esta definição.

O berço 3 está com mais de 90% das obras concluídas. Já no berço 4 foram encontrados escombros remanescentes das enchentes de 1983, o que impossibilita a perfuração para cravação de estacas para o novo cais. Diante disso, será necessário minucioso estudo, com ensaios de perfuração das lajes, para que aí elaborado um novo orçamento para a aditivação do contrato ou, dependendo do valor, uma nova licitação.



© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt