sábado, 20 de julho de 2019
13/06/2017

Maersk vende Mercosul Line para a CMA-CGM


O mercado foi surpreendido nesta terça-feira com a notícia transmitida pelo Banco Santander que a gigante Maersk vendeu a Mercosul Line para o armador francês CMA CGM. A Maersk já havia informado a decisão de vender a Mercosul Line, para se adequar às exigências do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Mercosul Line detém cerca de 21% do transporte contêineres na costa brasileira e a Aliança Navegação e Logística tem 59% neste mercado. A Aliança pertence à Hamburg Sud e a Mercosul pertencia à Maersk, o que gerava a concentração do mercado local na mão da Maersk, o que acabou suscitando o veto do Conselho de Defesa Econômica (Cade) brasileiro.

Na página da CMA CGM, hoje, Rodolfo Saade, presidente da empresa, diz que a aquisição da Mercosul Line é um marco para a expansão dos negócios de transporte marítimo na América do Sul. A mudança poderá impactar nos acordos operacionais com a Log-IN.



© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt