domingo, 15 de setembro de 2019
01/06/2017

TUP continua parceira


Além de garantir que não tem qualquer interesse em cobrar da Autoridade Portuária os investimentos que fez, esta não é a primeira vez que a Portonave diz que seu desejo é se manter parceira da SPI, em prol da atividade portuária na região e do Complexo Portuário como um todo.

Exemplo disso foi a declaração do superintendente administrativo-financeiro da Portonave Osmari Castilho Ribas ao Blog da Redação, publicada no dia 17 de março, quando afirmou que, independente das ações da Autoridade Portuária, a exemplo da insistência na cobrança de tarifas portuárias do TUP - procedimento no qual a Antaq, que é a agência reguladora do setor portuário já se manifestou contrária, isso não macula o bom relacionamento entre o terminal privado e a SPI. Para ele são apenas visões antagônicas sobre um determinado ponto, mas que não mudou em nada a política de boa vizinhança que até dezembro do ano passado existiu entre o Porto Público e o TUP.



© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt