domingo, 22 de setembro de 2019
28/03/2017

Operador garante eficiência e menor impacto


O empresário Francisco Ramos, da ZMW Operações Portuárias, que pretende trazer as operações com soja para Itajaí, garantiu que o impacto será mínimo e que a empresa deve investir cerca de R$ 100 milhões para a viabilização. Os recursos serão aplicados na construção de silos e instalação de ship loader no berço 4.

Segundo Ramos, no centro da cidade as operações ocorrerão apenas nas áreas hoje da Valeport e no Recinto Alfandegado Contíguo (RAC), área primária do Porto. Já o acesso de caminhões carregados de grãos se dará de oito em oito, o que não deve interferir no tráfego de veículos na cidade. A previsão é que sejam operado entre 250 e 300 caminhões por dia, perfazendo de 31 a 38 viagens.

As operações devem somar 1 milhão de toneladas no primeiro ano, chegando a 3 milhões de toneladas. Para comprovar sua expertise nesse tipo de operação, Ramos garantiu que movimenta 7,7 milhões de tonelada/ano no Porto de São Francisco do Sul.



© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt