quarta, 16 de outubro de 2019
22/02/2017

De concreto, só o déficit de R$ 0,7 milhão/mês


O superintendente do Porto de Itajaí, Marcelo Werner Salles, esteve na noite de ontem, 20, na Associação Empresarial de Itajaí para expor à comunidade em geral a atual realidade do Porto. Na reunião Salles não abordou nada mais do que já tivesse dito em entrevista exclusiva à Revista Portuária - Economia & Negócios em meados de janeiro e veiculada na última edição impressa.

Após rápida avaliação dos resultados do último ano o executivo, bastante preocupado com a real situação do Porto, falou das obras da primeira fase dos novos acessos aquaviários e no empenho em buscar recursos federais para a execução da segunda fase do projeto. Porém, menos otimista que em outras ocasiões, popis disse que há resistência por parte do Governo Federal para a liberação do recurso.

Sales abordou ainda as inacabadas obras dos berços 3 e 4, defendeu a prorrogação do contrato com a APM Terminals e falou da proposta de alienação de duas áreas do Porto de Itajaí, uma de 32 mil m² e outra de 22 mil m², para levantar recursos.

Após toda sua explanação, de concreto Salles apresentou apenas a contabilidade da Autarquia, que tem fechado mensalmente  com saldo negativo de R$701.666,00.

Para conferir a entrevista de Salles clique: https://issuu.com/bteditora/docs/2017-02-15-revista-portuaria 



© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt